Zemanta Related Posts Thumbnail

Chevrolet Kadett de 1989 a 1998

chevrolet kadett 1998

Kadett GLS 1998

fotos: divulgação/internet

Lançado no Brasil em 1989, o Kadett foi produzido até 1999, quando foi substituído pelo Astra. O hatch marcou época, principalmente no início da década de 90, graças a boa mecânica, bons equipamentos, espaço interno razoável, e principalmente pela confiança que o carro conseguiu perante ao público, prova disto é que o modelo ainda tem uma certa procura principalmente pelo preço acessível e pelo custo de manutenção que é considerado baixo, já que as peças de reposição são encontradas com certa facilidade.

Se você está a procura de um Kadett, se puder prefira a versão GLS (foto acima) produzida depois de 1995, pois ela vem com um belo pacote de equipamentos, como ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricas, além de rodas de liga leve e aerofólio. Fique esperto com a versão GSi, ela traz alguns itens que são difíceis de serem repostos, ao exemplo do painel digital que se quebrar da um bom trabalho para achar outro, tendo custo um tanto salgado.

A história do Chevrolet Kadett

chevrolet kadett gls 1998

Kadett 1989

Quando foi lançado no Brasil em 1988, o Kadett era oferecido nas versões SL e SL/E e GS, sendo que a versão de entrada SL e a intermediária SL/E saiam de fábrica equipadas com um motor 1.8 de 95 cv ambos a gasolina, enquanto a esportiva GS trazia um motor 2.0 de 110 cv herdado do Monza, com opções a gasolina e a álcool. Todos ainda carburados.

Confira a ficha técnicas do Kadett SL, SL/E e GS (1989 a 1991):

Kadett SL e SL/E 1.8

Motor:

1.8 L, 4 cilindros, 8v, gasolina

Potência de 95 cv a 5.800 rpm

Torque máximo de: 14.3 kgfm a 3.000 rpm

Motor carburado (carburador de corpo duplo)

Câmbio manual 5 marchas.

Desempenho:

0 a 100km/h em 12.5 segundos e velocidade máxima de 160 km/h.

Consumo

8.5 km/l na cidade e 12.5 km/l na estrada gasolina

Rodas e pneus:

>>> Não disponível

Medidas e dimensões:

Comprimento: 3.98m de comprimento, 1.81 de altura e 2.52 m de entre-eixos.

Peso:995kg GLS

Tanque: 47 litros.

chevrolet kadett gls 1998

Kadett GS 1990

Kadett GS 2.0 (1989 1991)

2.0 L, 4 cilindros, 8v, gasolina e álcool

Potência de 99 cv a 5.600 rpm (110 cv álcool)

Torque máximo de: 16.2 kgfm a 3.500 rpm (17.3 kgfm álcool)

Motor carburado (carburador de corpo duplo)

Câmbio manual 5 marchas.

Desempenho:

0 a 100km/h em 11 segundos e velocidade máxima de 185 km/h (álcool).

Consumo

9.3 km/l na cidade e 12.5 km/l na estrada gasolina. (7.1 km/l cidade e 10.5 km/l álcool)

Rodas e pneus:

aro 14

185/60 R14 H

Medidas e dimensões
:

Comprimento: 3.98m de comprimento, 1.81 de altura e 2.52 m de entre-eixos.

Peso:1075kg GLS

Tanque: 47 litros.

Kadett 1991 – Novos motores e a chegada da versão GSi

Três anos depois do seu lançamento, em 1991 o Kadett, ganhou motor com injeção eletrônica EFi, outra novidade foi a chegada da famosa versão GSi que contava com visual esportivo, e da versão conversível, versão esta que era considerada ao lado do Escort XR3, um dos únicos conversíveis produzido no Brasil.

interior chevrolet kadett 1989 a 1994

Interior Kadett de 1989 a 1994

Clique na imagem para ampliar

interior chevrolet kadett 1989 a 1994

O espaço para quem viaja atrás é um tanto limitado, principalmente para quem tem mais de 1.80 de altura, este falta de espaço pode ser considerado a grande falha do Kadett.

Kadett 1992

Em 1992 o Kadett ganha um novo motor 1.8 agora com a moderna injeção eletrônica MPFi, ele desenvolve 98 cv e torque de 14.5 kgfm, este motor equipa a versão GL e GLS, enquanto a versão 2.0 entrega 110cv.

Ficha técnica Kadett GL e GLS 1.8  (1992)

Motor:

1.8 L, 4 cilindros, 8v,

Potência de 98 cv a 5.800 rpm

Torque máximo de: 14.6 kgfm a 3.600 rpm

injeção eletrônica Bosch.

Câmbio manual 5 marchas.

Desempenho:

0 a 100km/h em 12.8 segundos e velocidade máxima de 175 km/h.

Consumo:

7.5 km/l na cidade e 12.6 km/l na cidade.

Rodas e pneus:

Rodas de liga-leve aro 14 5,5j

Pneus 185/60 R 14 H

Medidas e dimensões:

Comprimento: 3.98m de comprimento, 1.81 de altura e 2.52 m de entre-eixos.

Peso:1000kg GLS

Tanque: 60 litros.

O Kadett GSI

chevrolet kadett gsi

Kadett GSi 1994

Lançado em novembro de 1991, o Kadett GSi (foto acima), ficou no lugar da versão GS,  ele agradou o publico, graças ao visual de apelo esportivo com rodas de liga leve aro 14, capô diferenciado com entrada de ar, motor com injeção eletrônica, além de vir recheado de equipamentos como painel digital, ar-condicionado, vidros elétricos, travas elétricas e retrovisores com acionamento elétrico, freio a disco nas quatro rodas, e os clássicos bancos esportivos da Recaro.

kadett gsi

Debaixo do capô o Kadett GSi trazia um potente motor 2.0 8v a gasolina que desenvolvia 121 cv de potência e 17.6 kgfm de torque, este motor permitia o carro ir de 0 a 100km/h em 10.5 segundos a alcançar os 190 km/h de velocidade máxima.

chevrolet kadett gsi interior painel

Acima o painel do Kadett GSi, note o painel digital um dos grandes atrativos do modelo

Foto: BestCarWebSite

O Kadett GSi também era oferecido em versão conversível (foto abaixo), este contava inclusive com teto com acionamento elétrico. O Kadett GSi foi produzido até 1994.

Ficha técnica Kadett GSi (produzido de 1992 até 1994) e Kadett GSi conversível:

Motor:

2.0L, 4 cilindros, 8v,

Potência de 121 cv a 5.400 rpm

Torque máximo de: 17.6 kgfm a 3.000 rpm

injeção eletrônica Bosch.

Câmbio manual 5 marchas.

Desempenho:

0 a 100km/h em 10.5 segundos e velocidade máxima de 190 km/h.

Rodas e pneus:

Rodas de liga-leve aro 14 5,5j

Pneus 185/65 R 14 H

Medidas e dimensões:

Comprimento: 3.98m de comprimento, 1.81 de altura e 2.52 m de entre-eixos.

Peso:1.100kg GSi e 1140 kg GSI Conversível

Tanque: 47 litros.

Kadett 1994, reestilização, novas versões e fim do GSi

chevrolet kadett gsi conversivel

Kadett GSi Conversível 1993

Já em 1994, o Kadett passa a ser oferecido nas versões Lite, GL, e GLS, e sofre sua primeira reestilização, dando  sinais que seu fim estava próximo, o modelo que chegava já como ano 1995, trazia uma nova grade, faróis e para-choque, o interior também foi revisto e ganhou um novo painel com linhas mais suaves.

Porém estas mudanças parecem não ter sido suficiente e a GM faria modificações novamente no carro já no próximo ano 1996.

Kadett 1995, Reestilzação, e novas versões e equipamentos

chevrolet kadett gls 1998

Kadett GLS 1996

No salão do automóvel de 1995, a Chevrolet apresentou a versão 1996 do Kadett, o modelo trazia um discreto fece-lift, com leves mudanças, a versão Lite saia de linha, e agora havia apenas quatro versões GL 1.8 e 2.0,  GLS 2.0 e a esportiva Sport 2.0 que havia ficado no luga da GSi.

interior chevrolet kadett 1989 a 1994

Interior Kadett de 1995 a 1998

Clique na imagem para ampliar

Outra novidade na linha Kadett é que ele passa a ser equipado com ar-condicionado, vidros e travas elétricas, direção hidráulica entre outros itens nas versões GSL e Sport. Confira acima o interior do Kadett após a reestilização de 1995.

1996 – Chega ao fim a versão GSi, e a perua Ipanema

chevrolet ipanema 1993

Ipanema 1993

Em 1996 chegava ao fim a vida da perua Ipanema, ao total existem 65.000 exemplares da perua Kadett rodando no Brasil, apesar de não ter sido um sucesso de vendas.

Kadett 1997, agora apenas com motor 2.0

chevrolet kadett gl 1997

Kadett GL 1997

O modelo continuava em atividade porém as vendas já não eram como antes, até que em 1997 a Chevrolet tirou de linha o Kadett com motor 1.8, ficando agora apenas o motor 2.0 MPFi de 110cv, este motor leva o hatch de 0 a 100km/h em 10.3 segundos, tendo consumo médio de 12km/l.

Em setembro de 1998, a Chevrolet deixava de produzir o Kadett, no total o modelo teve 459.068 unidades vendidas.

Após 9 anos de produção chegava ao fim o Kadett, sendo substituido pelo Astra que chegou as lojas em outubro de 1998.

Confira abaixo algumas dicas e pontos a serem observados;

# Não estranhe se ouvir um rangido ao abrir as portas. É um problema crônico de praticamente todas as versões do Kadett. Lubrificação e reaperto de parafusos podem resolver o problema

# Os modelos produzidos entre 1989 e 1996 podem apresentar um incômodo barulho na dianteira. Se for o caso, é porque chegou a hora de trocar as bandejas

# Se a versão escolhida for um GSi, cheque o painel digital. Caso esteja quebrado, desista. Em geral é necessário trocá-lo. É uma peça rara de achar na concessionária – onde custa cerca de 2000 reais. Outra opção são os similares do paralelo, ao valor de 260 reais, porém de qualidade bem inferior ao original

# Prefira os motores com injeção MPFI (multiponto), que são mais econômicos. Como era novidade na época, a injeção EFI (monoponto) dos modelos 1992 a 1996 necessita de manutenção mais constante. Uma revisão no sistema sai por 300 reais, em média

# Veja se a pesada tampa traseira pára aberta. Em modelos mais antigos, os amortecedores podem estar gastos

fonte dados acima: Carros na Web

Outros detalhes do Kadett e como soluciona-los:

* 1) Entupimento do “pescador” do tanque de combustível causando falhas no motor ao se fazer curvas à direita; (problema só verificado em veículos à álcool. Basta desmontar o tanque e lavá-lo com gasolina. Recomenda-se procurar um mecânico caso não disponha de elevadores, habilidade e ferramental apropriado. RISCO ELEVADO DE INCÊNDIO OU EXPLOSÃO)

* 2) Quebra da solda da mola da porta (solda ao para-lama dianteiro) que frequentemente ocorrre na porta esquerda; (Na ocorrência da ruptura a mesma peça, porém do Celta, deixa a conexão mais robusta, pois ao invés da solda, utilizam-se parafusos)

* 3) Folga dos pinos das dobradiças das portas, causando ruído em vibrações.

* 4) Fadiga dos retentores de válvula no cabeçote, ocasionando queima de óleo – e a consequente e momentânea liberação de fumaça branca azulada – quando o veículo permanece quente e por algum tempo em baixa rotação;

* 5) Espaço no banco traseiro mais adequado para apenas dois passageiros; (especialmente nos modelos conversíveis)

* 6) Atrito do pneu com a lata do paralamas traseiros em casos de alteração da roda original, sem obedecer ao offset apropriado, que é de 49 mm (mais comumente indicado nas rodas como “ET 49″ ou “Offset 49″). (Apesar de condenável, uma solução adotada nestes casos é o “rebatimento” do paralama, processo no qual a aba interna é dobrada para dentro)

* 7) Após vários anos de uso o carro geralmente apresenta falhas no motor ocasionadas por uma trinca na bonina do distribuidor. Quase nunca é visível, é altamente critica pois faz o consumo aumentar muito; (Notam-se falhas no funcionamento do motor principalmente nas baixas rotações, em situações de exigência de torque e temperatura elevada.

* 8) A partir do último semestre de 2006, estão registrados relatos sobre Kadetts EFi produzidos em 1993 e 1995 com dificuldades de partida por falta de ignição. A solução deste problema ainda permanece uma incógnita visto que proprietários empregaram abordagens distintas em relação à falha. Pode-se, entretanto, destacar que algumas peças foram alvo de atenção especial e em muitos casos trocadas todas elas: Bobina de Ignição, Bobina Impulsora, Tampa do Distribuidor, velas e seus respectivos cabos. Não foi necessariamente bem sucedida a solução, há relato de persistência da falha. Nestas ocasições uma boa revisão do alternador (regulador de tensão, placa, rolamentos, bornes, fixação) é altamente recomendada. Aos proprietários que enfrentam esta dificuldade fica a dica de solução paliativa: Após um breve girar do motor utilizando o método de “partida no tranco” (não é necessária a partida, basta soltar um pouco a embreagem pra que o motor ‘vire’ um pouco) basta ligar a chave que a ignição se fará presente. Aos proprietários de Kadetts à álcool um alento: Desconectando o conector do sensor de temperatura (ligado ao famoso “cebolão”) transforma-se o injetor de gasolina num “termômetro” do problema: Se não injetar gasolina, está sem ignição (problema presente). Se injetar gasolina, há ignição (problema ausente).

fonte: wikipedia

Seja social, Compartilhe !

24 thoughts on “Chevrolet Kadett de 1989 a 1998”

  1. Até que em fim o Camaro chegará ao Brasi. UFS! depois de tanto tempo de espera.

  2. Gostaria de saber mais sobre o kadet GLS, 98, 2.0. Ele teve algum defeito na fabricação? Como é sua potência? Onde encontrar um informativo sobre ele?

    Obrigada.

  3. FAVOR ME INFORMAR ONDE ENCONTRO PESCADOR COMPLETO DO KADETT 92 ???

    GRATO

    NETO

  4. por favor , tenho um Kadett , cuja especificação da roda , é 5j 13¨ , de aço , comprei rodas do corsa super 1998 , de aluminio , para o meu carro , qual a especificação destas rodas , posso usalas sem problemas , são 13¨ , tambem , obrigado

    1. Resposta – Pedro Luiz

      Bem vamos lá, além dos tamanhos ou seja o aro 13, normalmente você tem de ficar ligado no off-set da roda que você pretende colocar, mas como neste caso as rodas são originais da Chevrolet provavelmente elas possuem o mesmo off-set. De uma conferida na tala tala (largura da roda) que neste caso aparentemente também são as mesmas em ambas as rodas, e as medidas dos pneus. Fora isto você pode instalar estas novas roda sem problemas.

      Segue abaixo as medidas e dimensões das rodas aro 13 do Corsa 1.0 Super e GL 1996 a 1998:

      5,5j13 polegadas, calçadas por pneus 165/70R 13.

      abraço

  5. Eu tenho Kadett ano 1989 modelo 1989 SL/E azul clarinho
    nunca pencei de gostar de um carro como eu gosto do meu Kadetão gosto muito de ler a historia do kadett me vaz mais ainda gostar do meu mais ainda estou conseguindo equipar o meu kadetão ja fiz o motor a tapecaria completa coloquei as rodas do vectra aro 14 já fui para o mato grosso do sul a familia da minha esposa adorarão o kadettão muitos querem comprar ele mas eu não vendo por nada eu a minha esposa e meu filho nós somos apaixonados pelo nosso Kadettão colocamos até apelido nele Igão.
    Obrigado por voces deixarem eu mandar essa menssagen é um afeto que eu e minha familia sentimos pelo nosso Igão Kadettão obrigado a Deus por essistir ele e deter um Igão Kadettão
    Muito obrigado que de abençoe Igor gonçalves

  6. olá, gostei muito desse tópico, mas fiquei confuso em alguns aspectos, tenho interesse em comprar um kadett, e tem a dica de preferir os modelos com injeção MPFI, pois são mais economicos, a partir daí vem minhas dividas, economicos em que sentido? em manutenção ou em consumo de combustivel? e quais são as versões q possui esse tipo de injeção? não ficou 100% claro

    1. Resposta – Cristiano

      Va
      Vamos lá, a injeção MPFI na verdade é injeção eletrônica multi-ponto. Esse motor é mais econômico pois bebe menos, além de ter uma concepção mais moderna e manutenção mais simples, tanto é que os motores atuais ainda utilizam a tecnologia multi-ponto.

      O Kadett quando foi lançado contava com motor 1.8 e 2.0 ambos com carburador, com versões a álcool e a gasolina. Em 1991 o modelo recebeu a injeção eletrônica, porém na configuração EFI, ou seja um sistema de injeção mais simples, na qual o combustível é injetado por apenas um ponto no motor.

      No ano final do seguinte, 1992, o Kadett recebeu um novo sistema de injeção MPFI, multi ponto, na qual cada cilindro do motor possui seu bico injetor de combustível. Com isso a queima é mais uniforme, o desempenho é melhorado e claro consumo é menor. Porém este sistema de injeção só foi oferecido nas versões 2.0 mais caras, ou a partir de 1996 em todas as versões com motor 2.0. Enquanto as versões 1.8 continuaram com o motor EFI, até 1996 quando o motor 1.8 saiu de linha e o Kadett passou a ter apenas a opção do motor 2.0.

      abraço

  7. tenho um kadett 96/97 sport ele tem injeção gostaria de saber qual o tipo de injeção ele possui se é a mpfi ou a efi eu comprei ele como 1.8 mais vc disse que só saiu na versão 2.0

  8. Eu tenho um kadet ,mas eu estou muito triste ele fundio o motor e nao tenho dinheiro no momento para arrumar,esta me fasendo muita falta.mas com fe em deus ele estara nas pistas de novo fui…!

  9. Quero compra um kadett gsi 2.0 mais fiquei triste em saber q o painel digital e defeituoso e o consumo tambem o q faço e melhor um carro mais moderno ou tem como substituir esse painel por outro? me ajudem por favor,

  10. Tenho um Kadett GSI 94,motor 2.0 MPFI(este foi trocado), painel digital, computador de bordo, sensor temperatura, sensor de velocidade, check list freio e embreagem, GNV (infelizmente) e Gasolina , teto solar, ar condicionado, vidros e travas eletricas, entradas de ar no capot, retrovisor eletrico, ajuste de altura no banco e no volante, bancos recaro todos, ronco incrivel do escapamento e digo.

    Carro muito bom. Nao tenho do que reclamar. Manutenção existe em todos os veiculos. Não trocaria a potencia nem o conforto do kadett por nenhum outro carro.

  11. Olá,tenho um kadett gsi ano 92 que está me deixando meio chateado!Quando o motor aquece após o acionamento da ventoinha,a bobina aquece muito,ele não morre,não falha,tem um torque excelente,mas se desligar a ignição,fica automaticamente sem partida!Já troquei a bobina,mas o problema continua!Será que alguem ai pode me ajudar?Não quero entregar meu carro na mão de curiosos!aguardo resposta,desde já,meu muito obrigado!

    1. Tenho uma Ipanema Gls 94, e tive um problema parecido.. era uma peça que fica entre o distribuidor e o cabeçote

    2. Existe um cara no RIO-RJ que pode lhe ajudar. Procura no mercado livre por Medidor de Fluxo de ar na área de serviços, ele é especialista em GSi.

  12. boa tarde,qual foi a produçao total do Kadett conversivel?

    antecipadamente agradeço.

    joao

  13. Tenho um kadett ano 93, alguém pode me informar a onde compro um pescador de combustivel.
    Como fazer a regulagem do pescador no interior do tanque?
    Ainda tenho duvida quanto a capacidade do tanque do kadett ano93 a álcool, alguémpode me informar?

  14. Opaaaa. Conheço esse carro, essa foto foi tirada no Parque dos Patins na Lagoa. Rio de janeiro-RJ em 2006 ou 2007. Um GLS 98/98 chipado a alcool e outros recursos. Era o meu carro foto tirado por mim.

  15. tenho um kadett 1995.nunca foi batido a roda dianteira lado esquerdo motorista fica pra fora do paralama.
    gostaria de saber se isso é de fabrica pois me incomoda muito

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current ye@r *