Gostou, então promova no Google!:

Por causa de um tapete, Toyota pode fazer o maior recall da história com 3.8 milhões de carros

toyota camry 2009

Toyota Camry

Um tapete solto pode obrigar a Toyota a realizar o maior recall já feito na indústria automotiva, isto por que nesta semana o departamento de segurança de trânsito nos EUA (NHTSA), divulgou um alerta do risco de sete modelos da Toyota poderem apresentar problemas no pedal do acelerador, em outras causas, segundo o instituto americano, o problemas é devido ao tapete que fica próximo ao acelerador, que pode vir a travar o mesmo, ficando preso na posição máxima de aceleração.

interior toyota camry 2009

Acima o inteiror do Toyota Camry

Este mesmo problema de aceleração, pode também ser agravado pelo tipo do acelerador que foi usado nos carros, e também no processo de desligar e ligar o carro no modelos equipados com chave através de controle remoto o que impediria o desligamento do carro em movimento.

toyota avalon

Toyota Avalon

A gravidade do caso pode ser comprovado em informações vinda do instituto americano que afirma que já houve um caso onde pessoas relataram as autoridades estar presas no carro (Toyota Avalon foto acima) a 190km/h, o que resultou em um acidente que causou a morte das 3 pessoas a bordo do veículo.

toyota tundra 2010

Toyota Tundra

A Toyota ainda não anunciou oficialmente o recall, apenas emitiu um alerta ao donos dos carros, para que retirem o tapete que cobre a area do motorista, mas se este recall acontecer envolverá cerca de 3.8 milhões de carros da Toyota e da Lexus. Confira abaixo os modelos envolvidos, na sua grande parte os veículos estão nos EUA, já que foram produzidos por lá entre os anos de 2005 a 2009; No Brasil apenas o Toyota Camry é vendido, mas o modelo vem importado do japão portanto está fora do recall.

Toyota Camry (2007-2010);
Toyota Avalon (2005-2010);
Toyota Prius (2004 – 2010);
Toyota Tacoma (2005 – 2010);
Toyota Tundra (2007 – 2010);

Lexus ES350 (2007-2010);
Lexus IS250 (2006-2010);
Lexus IS350 (2006-2010).


Leave a comment

Your email address will not be published.

*