acura nsx 2016

ACURA NSX 2017- Mito sobre rodas

novo honda nsx 2017

O nome NSX é capaz de causar arrepios em qualquer apaixonado por carros – lançado em 1991 esse é um dos esportivos mais icônicos da história, um mito das pistas de corrida principalmente no Japão. Mais de 20 anos depois esse clássico japonês esta de volta dessa vez exclusivamente sobre as mãos da Acura – uma subdivisão americana da Honda e prometer voltar a perseguir carros como Ferrari e Porsche.

Continua logo após a publicidade...

acura nsx 2017Clique na imagem para ampliar – Alta resolução

Apresentado no início desse ano no Salão de Detroit, o Novo Acura NSX 2016, traz linhas inspiradas no modelo original da década de 1990, porém isso está longe de um má notícia. Ao invés de criar uma releitura moderna com referencias ao carro antigo – o pessoal da Honda/Acura resolveu criar um superesportivo totalmente novo, um ícone que encante tanto pelo desempenho e tecnologia quanto por seu belo design. Como você pode ver nas fotos esse desafio foi mais do que cumprido.

novo nsx 2016Clique na imagem para ampliar – Alta resolução

Continua logo após a publicidade...

O desenvolvimento nessa nova geração começou esse 2012 e foram necessário mais de 3 anos para chegar ao modelo final mostrado aqui. O novo Acura NSX é um daqueles carros de tão arrojado e futurista vai continuar atual por muito tempo.

novo honda nsx

Outra verdadeira inovação do Novo NSX é a sua motorização – ele conta com um monstruoso V6 longitudinal – o bloco bi-turbo foi posicionado atrás da cabine, calibrado para desenvolver uma potência estimada na casa dos 550 CV de potência. Na verdade ele é um híbrido, o motor V6 a gasolina é auxiliado por três outros pequenos motores elétricos posicionados atrás do motor a combustão sem potência revelada. Para ser ter uma ideia do seu poderio, a potência estimada deve ficar próxima de outros ícones como a Ferrari 458 (570 CV) e o Novo Corvette Z06 (650 cv ).

novo nsx 2016

Toda essa cavalaria será enviada para as quatro rodas através do sistema Sport Hybrid SH-AWD, que controlará a tração entre as rodas dianteiras e traseiras de acordo com detalhes como aceleração, direção e freio, e e dosada através de um câmbio automatizado de 9 velocidades com dupla embreagem DCT.

novo nsx 2016 interior painel

O Novo NSX 2016 usa o que há de mais avançado no mundo dos superesportivos, sua carroceria é toda feita de componentes leves como fibra de carbono e alumínio e o sistema de freios conta com discos de cerâmica e carbono – esse é o mesmo tipo de freio usado pelo bólidos da F1. As rodas são aro 19 na dianteira e 20 na traseira, com pneus mais largos no eixo traseiro.

acura nsx 2017 interior

Mais impressionante ainda promete ser a sua performance, a combinação de dose cavalar de potência, baixo peso e tração 4×4, só poderia resultar em uma performance surreal. Segundo a imprensa americana o novo NSX deve ser capaz de atingir 60 milhas (96 km/h) em meros 2.7 segundos. Já a velocidade máxima deve ser limitada eletronicamente na casa dos 300 km/h.

novo nsx 2016

Como os melhores superesportivos do planeta sua produção será limitada a poucos exemplares. O preço do novo ASX nos EUA deve ficar em torno de 150 mil dólares na versão mais básica (algo próximo de R$ 500,000) podendo chegar a 180 mil nas versões mais caras. Um preço mais caro que um Covertte ou um Viper nos Estados Unidos, porém inferior a uma Ferrari ou a um Lamborghini.

acura nsx 2016

Por fim a ma notícia é de que mais uma vez o início de sua produção foi adiada, ela estava prevista para o final desse ano e agora foi adiada para o segundo trimestre de 2016, o novo NSX será produzido de forma artesanal na planta Honda/Acura no Tenesse, por cerca de 100 funcionários exclusivos.

acura nsx 1992 2001

Este é o original…

Lançado em 1992, a primeira geração do Acura NSX marcou época por seu design e principalmente pela sua dirigibilidade e desempenho, na época o seu desenvolvimento contou com um expert bastante especial, nada menos do que Ayrton Senna, que na época era piloto da McLaren Honda na F1.

Equipado com um bloco 3.2, também montado na traseira, logo atrás dos bancos, DOCH VTEC V6 com dois níveis de potência, um com 3.2 litros com iniciais 240 cv e mais tarde 290 cv, e um 3.0 l com 252 cv, ambas as versões tinham tração traseira e câmbio manual de seis marchas, ou opcionalmente transmissão automática de quatro marchas.

Outras atrações era sua carroceria feita totalmente em alumínio, a suspensão com uma geometria inédita, independente nas quatro rodas em alumínio e com sub-frames na dianteira e traseira, além de freio a disco ventilados nas quatro rodas com ABS e controle de tração TSC, itens modernos para a época.

acura nsx 1992 2001

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *