BMW Série 1 2020 muda por completo e perde tração traseira

novo bmw serie 1 2020

A BMW revelou esta semana na Europa, a nova geração do Série 1, o hatch traz tudo novo, trocou a plataforma, traz desenho menos chamativo e mais elegante, maior espaço interno, novos equipamentos tecnológicos, interior mais luxuoso, e ganhou importantes mudanças na mecânica, pela primeira vez em três gerações o Série 1 deixa de ter tração traseira, o que modificará o comportamento e dirigibilidade do carro, porém o Série 1 passa a ter tração 4×4 na versão esportiva M135i.

Continua logo após a publicidade...

bmw série 1 2020

Esta é a terceira geração do BMW Série 1, o modelo que existe deste 2004 é um dos carros de maior sucesso da marca alemã, acumulando mais de 1.3 milhões de unidades ao redor do mundo, sendo que destes 80% das unidades foram vendidas na Europa.

Esta é a maior mudança já sofrida pelo BMW Série 1, o novo modelo 2020 é o resultado de um longo e trabalhoso processo de desenvolvimento que começou em 2014. O modelo trocou de plataforma, agora a base tem uma arquitetura totalmente nova, que traz como principal diferencial a tração que passa a ser apenas nas rodas dianteiras, nas gerações passada o BMW Série 1 tinha tração traseira, esta importante mudança, apesar de deixar o Série 1 menos prazeroso e esportivo de ser pilotado, foi necessária para a BMW conseguir fazer uma carroceria com maior espaço interno e deixar o modelo mais leve.

Continua logo após a publicidade...

novo bmw série 1 2020

Novas dimensões…

O Série 1 2020 tem novas proporções, o capô está mais curto e o para-brisa mais inclinado e avançado, soluções que ampliaram o espaço interno, já o teto está mais alto e tem caimento mais acentuado na traseira, a janela traseira está mais estreita, a traseira ficou mais larga e as caixas de rodas mais salientes, o que passou uma perfil mais robusto e imponente ao novo Série 1.

bmw série 1 2020

Praticamente todas as dimensões do BMW Série 1 2020 são novas, o comprimento é de 4.319 mm, ele é 0,5 cm mais curto, a largura agora é de 1.799 mm, um aumento de 3,4 cm em relação a geração anterior, e altura foi ampliada em 1.3 cm, sendo agora de 1.434 mm, indo na contra-mão a distância entre-eixos foi reduzida em 2 cm em relação a geração anterior, sendo de 2.67 metros.

bmw série 1 2020 traseira rear view

Novo design, mais do mesmo ?…

Visualmente a BMW optou por não fazer mudanças radicais no visual do novo Série 1, o modelo 2020 traz elementos visuais já visto nas gerações passadas e nos atuais modelos BMW, de certa forma falta um pouco de originalidade ou agressividade, no geral o Série 1 2020 está menos chamativo e mais elegante, a grade frontal está maior e mais imponente, os faróis tem desenho mais afinado e uma sofisticada iluminação total por LED, já o para-choque assumiu um perfil mais esportivo, trazendo tomadas de ar maiores, faróis de neblina em LED, além de detalhes em Black Piano. Nas laterais há novos vincos que cortam o carro da dianteira para a traseira, conferindo uma aparência mais musculosa a carroceria.

Por fim a traseira do novo Série 1, ganhou novas lanternas mais largas, elas lembram as usadas em outros modelos recentes da BMW, e agora as versões mais caras poderão vir com rodas maiores aro 18 ou 19, além de ponteira de escape maiores com 90 mm ou 100 mm de diâmetro dependendo da versão.

bmw série 1 2020

Versão M135i tem estilo próprio

A versão M135i (foto acima) tem visual exclusivo, com para-choques mais chamativo com tomada de ar central em formato de sorriso – um tanto estranho, além disso a grade frontal tem acabamento próprio para a versão, há ainda saías laterais, rodas aro 19 e para-choque traseiro esportivo com difusor de ar e dupla saída de escape (foto abaixo).

bmw série 1 2020

 

bmw série 1 2020 interior painel

Interior do novo Série 1 2020 impressiona…

Por dentro a BMW optou por fazer uma releitura mais limpa e moderna do interior já visto em outros carros da marca, o painel do Série 1 2020 tem estilo minimalista, com botões pequenos e bem organizados na direção do motorista, isso é possível graças ao fato de que grande parte dos comandos são feitos pela tela da central de info entretenimento, ou por comandos de voz. Os materiais usados no acabamento são de qualidade superior, há um novo sistema de iluminação com pontos de LED em diversas partes da cabine, a cor da iluminação por ser modificada ao gosto do motorista.

bmw série 1 2020

Destaque ainda para a tecnologia embarcada, pela primeira vez o BMW Série 1 passa a dispor de painel de instrumentos 100% digital configurável com tela de 10,25 polegadas, além disso o modelo é equipado com a nova central de info-entretenimento da BMW, com comandos por voz e gestos, com tela também de 10,25 polegadas (BMW Live Cockpit Professional). Ainda falando em equipamentos outra novidade é a opção do teto solar panorâmico com 74 cm x 70 cm de abertura, e o Head Up display com 9.2 polegadas que projeta informações no para-brisa no campo de visão do motorista, destaque ainda para o novo console central (foto abaixo), com botão giratório e uma espécie de touch-pad que permite ao motorista controlar com maior precisão os comandos do sistema multi-mídia, este é um recurso vindo dos modelos mais caros da BMW.

bmw série 1 2020 console central touchpad câmbio automatico

bmw série 1 2020 banco traseiro

A mudança na tração da traseira para a dianteira permitiu aos engenheiros da BMW deixar o interior do Série 1 mais amplo para os 5 ocupantes, agora o túnel central foi removido, garantindo maior espaço para os pés dos ocupantes, a posição dos bancos mudaram, quem viaja na traseira tem agora 3,3 cm extra para os joelhos e 1.9 cm a mais de espaço para as cabeças, o campo de visão dos passageiros dos bancos dianteiros está maior, com os bancos mais elevados foi aumentado em 4.2 cm em direção a dianteira do carro. Estas modificações também renderem um maior espaço no porta malas, que foi ampliado em 20 litros, passando para 380 litros, e por falar no porta malas, pela primeira vez o BMW Série 1 passa a contar com a tampa do porta malas elétrica, com abertura e fechamento automática sem precisar tocar na tampa.

bmw série 1 2020 m135i xdrive

Motores, destaque para o 4 cilindros de 306 cv, e haverá mais opções a diesel do que a gasolina

A gama de motores do BMW Série 1 2020 também traz várias mudanças, visando principalmente o mercado europeu quando chegar as lojas, no final de 2019 o BMW terá apenas duas versões a gasolina 118i e 135i e três opções a diesel 116d, 118d e 120d.

Começando pela mais potente, a M135i xDrive, além de ter tração 4×4 integral ela vem equipada com um potente motor 4 cilindros, 2.0, bi-turbo (trata-se do motor 4 cilindros mais potente já feito pelo grupo BMW), que desenvolve 306 cv de potência e 45 kgfm de torque, com ele o Série 1 M135i xDrive tem desempenho impressionante, dispara de 0 a 100 km/h em 4.8 segundos e alcança os 250 km/h (velocidade limitada). Este motor ficará no lugar do antigo seis cilindros em linha da geração passada, que saiu de linha. Apesar de ter mais de 300 cv, por ser 4 cilindros, o consumo de gasolina é bastante contido, o M135i pode fazer mais de 12,8 km/l.

novo bmw série 1 2020

Do outro lado da tabela a versão mais popular 118i, vem com um novo motor 1.5, turbo, três cilindros, a gasolina com 140 cv de potência e 22 kgfm de torque, este motor é 5 kg mais leve que o antigo bloco usado por esta versão, além de ter o modo booster, que gera por um curto período de tempo 4 cv a mais de potência e 1 kgfm a mais de torque. Com este bloco o Série 1 2020 vai de 0 a 100 km/h em 8,5 segundos e alcança os 213 km/h, a tração é dianteira, o consumo chama a atenção, de acordo com dados de fábrica, o 118i 2020 faz mais de 17 km/l.

Na Europa as versões movidas a óleo diesel continuam mais ativas do que nunca, serão nada menos do que três configurações diesel: a 116d vem com um 1.5 turbo, três cilindros com 116 cv de potência e 27 kgfm de torque (esta versão poderá fazer até 26 km/l), a 118d tem um bloco 2.0, quatro cilindros de 150 cv de potência e 35 kgfm de torque (consumo de até 22,6 km/l), por fim a 120d, tem este mesmo motor quatro cilindros, porém com 190 cv de potência e 40 kgfm de torque, lembrando que esta versão 120d, possui tração 4×4 XDrive, o consumo fica em 21,7 km/l.

bmw série 1 2020

Três opções de suspensão e duas opções de câmbio…

Para terminar a BMW oferecerá três opções de câmbio para o novo Série 1 2020, na Europa as versões 118i, 118d e 116d, sairão de fábrica equipadas com câmbio manual de seis marchas, a versão 116d (diesel) e 118i (gasolina) poderão opcionalmente trazer câmbio automático de sete marchas Steptronic com dupla embreagem. Por fim as versões mais caras 120d xDrive e M 135i xDrive terão de série câmbio automático mais sofisticado com 8 velocidades Steptronic, sendo que a versão M 135i tem um ajuste Sport exclusivo, que garante trocas em um regime mais elevado, a versão diesel 118d pode opcionalmente vir com câmbio de oito marchas.

O modelo contará com três opções de suspensão, além da suspensão normal padrão, há ainda a suspensão esportiva M Sport que é 1 cm mais baixa e possui molas e amortecedores com acerto mais firme, há ainda a possibilidade de equipar o carro com uma terceira opção, a suspensão adaptativa VDC, com amortecedores que se ajustam de forma automática em tempo real de acordo com a necessidade, além de permitir ao motorista escolher entre diferentes modos de ajuste.

bmw série 1 2020

Nas lojas em …

Apesar de estar sendo revelado por completo agora em maio, ainda vai demorar um tempo para que a nova geração do BMW Série 1 chegue as lojas, na Europa o lançamento oficial ao público acontecerá apenas em 28 de setembro, durante o Salão de Frankfurt. As vendas devem começar no final de 2019. Já no Brasil a novidade desembarca apenas no segundo semestre de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *