bugatto divo

Bugatti revela o Divo, um supercarro de 1500 cv e que custará R$ 24 milhões

A marca francesa Bugatti, famosa por construir os carros mais rápidos produzidos em série no planeta, apresenta sua mais nova obra de arte, o Divo, um hiper carro que promete subir ainda mais os níveis de desempenho, potência e estilo, o Bugatti Divo tem motor de 1500 cv, terá apenas 40 unidades produzidas, e cada uma delas será vendida pela fortuna de 5 milhões de Euros (algo em torno de R$ 24 milhões).

bugatti divo

Clique na imagem para ampliar

Pela primeira vez em sua história recente, a Bugatti terá dois carros em produção ao mesmo tempo, o Divo e o Chiron, sendo que o Divo pode se considerado uma evolução do Chiron, ele é 35 kg mais leve e tem 90 kg a mais de downforce, o que é obtido graças a uma carroceria mais limpa e aerodinâmica.

bugatti divo

Clique na imagem para ampliar

De acordo com a Bugatti, o Divo focará mais no desempenho pratico, ou seja, em curvas e não apenas em acelerações como acontece com o Chiron. Chassi, suspensão e direção foram concebidos para fazer do Divo melhor e mais pratico para se rodar em estradas sinuosas, de acordo com a fabricante o Divo aguenta uma força lateral de 1.6 g, é bem mais ágil que o Chiron.

bugatti divo

Clique na imagem para ampliar

Na dianteira do Bugatti Divo há tomadas de ar gigantes, que além de melhorar a refrigeração do motor e dos freios, estas tomadas de ar têm um efeito cortina que faz o ar entrar na dianteira e correr em direção as laterais, diminuindo o arrasto, melhorando o comportamento do carro nas curvas, e de quebra ainda ajudando a refrigeração dos freios dianteiros, o mesmo vale para a traseira, que foi toda trabalhada em favor da aerodinâmica, e ajudar o ar a literalmente fazer a grudar no chão o Bugatti Divo, impedindo que ele levante voo.

bugatti divo

Clique na imagem para ampliar

O teto do Bugatti Divo também foi pensado para ser como um aerofólio, canalizado o ar em direção à traseira, diminuindo o arrasto no compartimento do motor, o estilo das tomadas de ar para refrigerar o motor, segue o padrão “Naca”, com baixo arrasto aerodinâmico, este padrão de tomada ar é bastante eficiente, foi desenvolvido em 1945 pela Força Aérea Norte Americana.
bugatti divo

Clique na imagem para ampliar

O aerofólio traseiro é ativo se ajusta de acordo com o padrão de pilotagem escolhido, a asa é 23% mais larga em comparação a usada pelo Chiron, tendo 1.83 metros de largura, esse aerofólio gigante do Bugatti Divo também serve como um “speed brake” usado nos aviões, em velocidades maiores quando o motorista pisa no freio, o aerofólio se eleva, ficando praticamente na vertical, ajudando a diminuir as distâncias nas frenagens.

bugatti divo

Clique na imagem para ampliar

Design…

Além de toda a função aerodinâmica, o design do Bugatti Divo é bonito, futurista e bastante chamativo, como pof exemplo a tecnologia usada nos faróis, os pontos de luzes frontais do Bugatti Divo são totalmente em LED, porém estes pontos de luzes são extremamente compactos, tendo abertura de luz de apenas 3.5 cm, sendo bastantes leves também, o que permitiu a Bugatti fazer os faróis do carro com um desenho fora do comum, outro destaque são as luzes de posição diurna, também em LED, estas luzes em formato de “C”, se destacam na frente do carro. Já na traseira as lanternas também são um show a parte, há um painel luminoso, mesclado com a grade traseira, são 44 pontos de luzes LED com efeito 3D, alias essas luzes foram em parte feitas com impressora 3D.

Nas laterais a coluna “C” tem escondia entradas de ar para o motor. A pintura em dois tons com acabamento preto fosco, com partes pintadas em azul, faz uma referência a pintura dos antigos carros de corrida da Bugatti.

bugatti divo

Clique na imagem para ampliar

Motor e desempenho…

O motor do Bugatti Divo é o conhecido 8.0, W16 (são 16 cilindros posicionados em “W”), este motor ainda conta com o auxilio de quatro turbocompressores e tem nada menos do que 72 válvulas, ele é capaz de desenvolver 1500 cv de potência, o mesmo nível de potência do Chiron.

Os dados de desempenho do Divo não foram divulgados, a Bugatti afirma apenas que a velocidade máxima de sua nova criação é limitada eletronicamente por razões de segurança aos 380 km/h, lembrando que o Chiron tem velocidade máxima limitada em 420 km/h.
bugatti divo

Clique na imagem para ampliar

Se é uma evolução poque o Divo tem velocidade final menor do que Chiron?

Dona do atual recorde mundial de velocidade para um carro produzido em série, com o antigo Veyron SS que alcançou em 2014 aos 431 km/h, a Bugatti vem “limitando” a velocidade máxima de seus carros por questões de segurança. O Chiron lançado em 2016, apesar de ser 300 cv mais potente, mais leve e aerodinâmico que o Veyron de “431 km/h”, tem velocidade menor, limitada aos 420 km/h, por sua vez o recém-lançado Divo, além de ser mais leve e ter melhor aerodinâmica que o Chiron, só pode chegar aos 380 km/h.
O razão de ser fazer carros melhores porém limita-los, pode ser explicado por declarações anteriores dos engenheiros da Bugatti: o primeiro fato é que não há no mundo estradas seguranças e com retas longas o suficiente para permitir aos carros superarem os 400 km/h, tanto é que oficialmente nem mesmo a Bugatti sabe qual a velocidade máxima que o Chiron – lançado em 2016 pode alcançar, até então a velocidade máxima estimada em testes no computador foi de 458 km/h, o mesmo acontece com o Divo. A dificuldade para se alcançar toda a potência do carro é tanta, que os testes de velocidade da Bugatti são feitos em lugares bastante particulares, uma pista próxima a Wolfsburg – sede do grupo Volkswagen na Alemanha, com uma reta projetada própria para testes de velocidade, além de uma pista militar fechada, também na Alemanha.
Outro ponto que impede da Bugatti liberar toda a velocidade do Divo, são os pneus, alias os pneus são os grandes limitadores destes hipercarros, a tecnologia dos pneus atualmente, ainda não permite atingir velocidades acima dos 400 km/h com segurança, devido ao superaquecimento, atualmente a Bugatti tem parceria com a também francesa, Michelin, que desenvolve pneus exclusivos para os modelos da Bugatti, porém os altos custos de se criar pneus próprio para um modelo raro, capaz de superar os 450 km/h ainda é uma barreira. Ainda falando nos pneus outro ponto problemático é o desgaste elevadíssimo destes compostos rodando acima de 350 km/h, estes pneus que o jogo custa mais de 20 mil euros, teriam sua vida útil sendo consumida em apenas 1 hora.

bugatti divo interior

Clique na imagem para ampliar

bugatti divo interior painel

Clique na imagem para ampliar

Interior…

O interior do Bugatti Divo, segue o já conhecido padrão artesanal com detalhes feitos a mão, da Bugatti, a cabine tem revestimentos em couro aveludado Alcantara, em cores chamativas como o azul da foto, o painel tem desenho simples e minimalista para se diminuir o peso final do carro, note que só há o essencial, como os poucos botões giratórios no console central, enquanto que sistema multi-mídia, e som são coisas consideradas supérfluas e não existem no Bugatti Divo.

bugatti divo interior

Nas lojas…

Serão produzidas apenas 40 unidades do Bugatti Divo, esta exclusividade fará com que cada uma delas seja vendidas por 5 milhões de euros, um preço bastante elevado até mesmo para os padrões da Bugatti, lembrando que o Chiron tem preço partindo de 2.4 milhões de euros (2.65 milhões para a versão Sport que começará a ser entregue aos clientes agora no final de 2018). Para os interessados, em compra-lo, a Bugatti informa que já vendeu todas as 40 unidades do Divo.

bugatti divo

Um dos destaques da carroceria do Bugatti Divo é aerodinâmica, até mesmo o teto tem desenho pensado para ajudar o carro a grudar no chão

bugatti divo detalhe farol de LED

Acima o diferente e moderno conjunto de faróis de LED do Bugatti Divo, as luzes principais tem abertura de apenas 3,5 cm

 

Deixe um comentario ou opiniao

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *