Chevrolet Omega 1993 – 1997 – Algumas fotos, um carro, a história

omega cd 1994

Foto: Claudio Larangeira / Quatro Rodas abril de 1996

Continua logo após a publicidade...

Considerado o último carro brasileiro de luxo, o Omega foi lançado em agosto de 1992 com a missão de substituir o famoso Opala. Ele foi um dos carros mais desejados pelos brasileiros, na época apresentava luxo, espaço, equipamentos e desempenho em níveis únicos, boa parte disto vindo dos carros da Opel na Europa. Até que em 1994 o governo abriu o mercado brasileiro para os veículos importados, que então roubaram um pouco do brilho do Omega.

omega gls 2.0

De início o Omega era equipado com um modesto motor na versão de entrada GLS, com motor  2.0 (oferecido em versões a álcool ou gasolina) e desenvolvia 130 cv e 18.6 kgfm de torque, com ele o Omega GLS atingia os 186 km/h. Mais tarde em 1994 o Omega GLS passou para um um ainda mais fraco 2.2 litros de quatro cilindros de 116cv e 20.1 kgfm de torque. Segundo teste da revista Auto Esporte na época 1994, o Omega GLS 2.2 fazia 8.6 km/l na cidade e 11.5 km/l na estrada. Ele podia alcançar os 191 km/h de velocidade máxima.

Continua logo após a publicidade...

omega cd 3.0 1994

Já a versão top de linha CD trazia um moderno motor alemão 3.0, 6 cilindros em linha de 165 cavalos, e 23.5 kgfm de torque máximo, já caso o motorista abastece-se com gasolina de 95 octanas este bloco rendia até 177 cv. Por muitos este é o melhor motor que já equipou o Omega. O câmbio era manual de cinco marchas ou automático de 4 velocidades. A versão com câmbio manual ia de 0 a 100 km/h em 10.5 segundos, e poderia alcançar os 205 km/h.

omega cd 3.0 1993

Acima o Omega CD 3.0 1993

Em 1994 este motor 3.0 foi substituído pelo conhecido nacional, 4.1 litros, 6 cilindros de 168 cv, e 29 kgfm de torque, o mesmo que equipava as versões mais potente do Opala, porém claro este motor recebeu algumas melhorias como injeção eletrônica, ele tinha um ótimo desempenho, levando o Omega 4.1, de 0 a 100 km/h em 9.5 segundos na versão manual ou 10.5 s na versão automática, a velocidade máxima ficava na casa dos 215km/h, (212 km/h na versão automática) em compensação o consumo também era bastante elevado, fazendo em torno de 6 km/l na cidade e 9.6 km/l na estrada.

omega cd 3.0

Foto: Claudio Larangeira / Quatro Rodas abril de 1996

Lembrando que todas as versões do Chevrolet Omega tinham tração traseira. O porta malas acomodava 496 litros, e o tanque de combustível tinha entre 70 a 75 litros.

interior painel chevrolet omega 1996

Em 1994 o Omega saía de fábrica equipado com equipamentos dignos de carros de luxo e até então raramente visto nos carros brasileiros, como ar-condicionado, direção hidráulica, vidros elétricos dianteiros e traseiros, freios com ABS, na versão top de linha CD vinha ainda com teto solar, câmbio automático, piloto automático, painel digital e computador de bordo.

omega cd 1997 1998
Acima uma das ultimas versões do Omega de 1997

O espaço interno do Omega chamava atenção, o sedan de 4.73, 192 m de largura, 1 .44 m de altura, o entre eixos era de 2.73 metros. Ou seja o espaço interno era bastante amplo.

O golpe final no vida do Omega brasileiro foi dado com a chegada do Vectra, isto em maio de 1996, mesmo disputando em um segmento inferior no mercado, o Omega logo perdeu a uma importante faixa de mercado que ocupava e passou a figurar como um carro “antiquado” no mercado.

omega suprema 1994

O Omega Suprema…

Seguindo de longe o sucesso do Omega sedan, a versão perua foi vendida no Brasil durante os anos de 1993 a 1996, ela tinha um enorme porta-malas com 540 litros, e trazia todos os acessórios do sedan, mas as vendas já não foram tão boas assim, principalmente pelo seu visual um tanto polêmico.

omega 1996

Acima o Omega CD 1996

O Omega ficou no mercado até o final de 1997, quando em maio de 1998 a Chevrolet passou a importar da Austrália a nova geração do sedan que trazia uma infinidade de equipamentos e tecnologia, mas devido ao preço alto esta nova geração do Omega foi elitizada o que refletiu em suas vendas. Mas isto é outra história.

algumas fotos via: www.bestcarswebsite.com.br

Revista Quatro Rodas de abril de 1996

Divulgação Chevrolet

29 Comments

  • marcio disse:

    Ola…to com uma duvida o motor 4.1 foi inserido no ano de 1994 ou 95…pq estou vendo um omega cd 1994/94 com motor 4.1 mas no doc ta 3000 cilindradas….o que sera que esta errado ou o cara trocou o motor .

  • luciano disse:

    qual desses omegas ai e o melhor que nao bebe muito

  • Evando disse:

    bom dia tenho um omega 3.0 ano 93 completo mecânico e a gás alguém teria um mecânico bom porque achar um mecânica bom que conhece este carro e ponta a ponta e bom e arrume e difícil de preferencia na zona norte

  • Jaime Carlos alves disse:

    óTIMO carro ainda quero ter um

  • elisangela disse:

    estou comprando um omega cd 3.0 1993 mas nao sei ao certo quanto ele vai gastar de gasolina por km alguém pode me ajudar?

    • Joel disse:

      Ohi. Já tiver um 3.0 CD 1993. É covardia comparar com as máquinas que podemos andar hoje. …..AVIÃO…. Faz na cidade 6/7 e estrada 8.9/10.5 na ponta do pé. Queria te ver dentro de um 3.0 CD vinho. MEU DEUS!!!!!!! Jota.

  • jeferson disse:

    tenho um omega cd 93 automatico e gostaria de saber quantos litros de oleo vão no cambio automatico!

  • gilberto esteves disse:

    Tenho um Omega GLS 97/98 2.2 e acho o consumo alto, gostaria de mais informações sobre consumo e desempenho,e o que poderia fazer para melhorar o desempenho.

  • junior disse:

    caros amigos, já tive 3 omegas um 2.0 e três 4.1 e dezesseis caros da gm entre eles chevette, monza, kadett, montana, corsa , celta , prisma e digo a vcs o melhor carro até hj sem dúvida é o omega 4.1 cd , possuo um prisma zero e tenho na minha garagem depois de quatorze anos um omega . já dirigi o 3.0 cd , arrancada frouxa, ele é lento até na quarta marcha e na quinta desenvolve lentamente, já o 4.1 é um canhão da primeira até na quarta, e não tem prá ninguém não , abraços !!!!!!!

  • jackson dos santos s disse:

    Olá! Gostaria de saber mais fotos detalhadas de adesivos e adesivos de revisão, pois tenho um omega CD 97 4.1 automático e estou colocando de volta as originalidades necessarias. Obrigado

  • ROMUALDO CESAR disse:

    SOU ENGENHEIRO MECANICO, E DIGO COM TODA CERTEZA QUE O OMEGA 4.1 IMPRESSIONOU TODAS AS MARCAS O MOTOR TEM UMA ESPLOSÃO, CARA É UMA LOUCURA , VC COLA NO BANCO E VE A VELOCIDADE SUBI NUM PISCAR DE OLHOS JÁ TA EM 200 KM/H,DUZENTÃO FROXO . IMPRESSIONADO…

  • Nildo Farias disse:

    também sou mecanico e preparador de motores o 3.0 tem marcha longa , e o 4.1 responde mais rapido, já testei um omega 4.1 e acredito no johnny nascimento, isso varia do cuidado do dono regulagem certa e uma boa reta sem obstaculos e transito, é um dos melhores carros da GM, ESSE SIM É CANHÃO

  • ALAUR KNOBLAUCH disse:

    sou mecanico da chevromec a 25 anos acredito no johnny nascimento porque o 4.1 bem regulado impressiona qualquer carrão por ai

  • ricardo disse:

    eu acredito no dinho….se o carro dele for 3.0….o 3.0 se estiver bem regulado ele vai ate 288km/h agora 4.1 ate 250 km/h….manuteçao 4.1 mais barata e 3.0 mais cara

  • JOHNNY NASCIMENTO disse:

    MORO EM POUSO REDONDO TENHO UM 4.1 VELOCIDADE FINAL NA RETA DOS CLAUDINO 263 KM/H CARA É IMPRESSIONANTE A FORÇA DO MOTOR

  • Ocirley disse:

    Dino vc é mto mentiroso… falar q seu carro da 282km/h conta outra

  • jhonny disse:

    poxa ta certo q o mega é um excelente carro e tal, mas o comentario do DINO dizerq o omega delebota 282 Km/h ja é demais néhh. Tem q ter uma preparação p da essa velocidade toda, afinal de contas tenho um e o maximo q coloquei nele foi 260 Km/h em ladeira abaixo….

  • ENIO VINICIUS disse:

    EU TENHO UM OMEGA 3.0 DIAMONT OTIMO CARRO O MEU ANDA MUITO DE 3 MARCHA A 3 MIL GIROS ELE JA ESTA A MAIS DE 100 KM POR HORA OTIMO CARRO TBM E MINH PAIXÃO OMEU A 93/94 COR CINZA BARDOQUE SOU DE SP DIADEMA

  • nascimento disse:

    eu tenho um omega 3.0 que me deu o maior poblema com o cabio mais eu troquei o cabio e coloquei o manual e ate hoje nunca mais tive poblema

  • DINO disse:

    ao comentário dos colegas vai aqui minha experiencia sobre o omega 3.0 automático e 4.1 ; tenho um 3.0 e foi difícil achar inteiro,porem eu fiz o cambio dele pois confiei na manutenção do antigo dono pois ele tinha até a nota fiscal da oficina , ficou r$4.000 reais, quanto os demais componentes do carro não tenho problema algum , quanto ao consumo o meu faz 7.5 km na cidade ,12 km na estrada p/ litro de gasolina. e quanto a velocidade de 0/100km/h é 8 segundos e a velocidade máxima eu já cheguei á 282 km/h. agora sobre o omega 4.1 a desvantagem é que ele é mais barato na manutenção;mais perde no consumo,velocidade dele final 250km/h e cv de força.OBS(omega 3.0 veio para o Brasil modificado pra 165 cv contra 168 cv do 4.1 mais o que poucos sabem que o 3.0 da pra voltar o que era de fabrica e passa a 204 cv a GM não divulga isso porque já pensou se época os proprietários soubesse disso ,jamais venderiam. e me desculpe os proprietários de omega 4.1 mais o 3.0 até hoje tem tecnologia mais moderna mais a minha paixão pelo omega tanto faz 3.0 ou 4.1 ,por isso a GM fez a marca -(OMEGA O ABSOLUTO ).

  • FÁBIO disse:

    Amigo, quais os cuidados na hora de comprar uma suprema 3.0 automatica? Tem algum macete? No geral os Omegas automaticos são menos rodados e mais conservados porem o valor é menor tbem. Se eu tiver problemas com o cambio automatico tem a possibilidade de eu por um manual?

    • admin disse:

      Resposta – FÁBIO

      Primeiramente se você não quiser ter se preocupar com o câmbio, tente optar por uma versão manual, já que este câmbio automático precisava de uma manutenção cuidadosa do antigo dono, se não as dores de cabeça serão constante e difíceis de serem resolvidas, reparar um câmbio deste pode custar caro, algo em torno de R$ 4 a 5 mil.

      Bem mas se você estiver decidido a fechar negócio com este Omega Suprema automático, há um teste pratico e fácil de ser feito para testar o câmbio, ligue o carro e coloque o câmbio em Drive, pise no freio o pé esquerdo, com o freio pressionado acelere lentamente e progressivamente. Se o a rotação do motor (mostrada no conta-giros) ficar entre 2000 rpm a 3000 rpm, é sintoma que o câmbio está OK e você pode comprar. Caso contrário se a rotação do motor ir além dos 3.000 rpm, este câmbio pode estar como se diz popularmente "patinando", com problemas no conversor de torque, ou algo mais grave.

      No caso fazer a troca do câmbio automático para uma caixa manual, é quase inviável, já que exige muitas peças e mão de obra especializada.

      abraço

  • Santos disse:

    Bom Dia! Gostaria de saber como desativar o alarme de fábrica do Ômega GLS 93, pois o meu está apresentando problemas e tudo indica que é o alarme. Se não, poderia indicar algum site que contém esta dica? Desde já agradeço de coração.

  • ricardo coelho disse:

    olá,sabes me imformar quato valia em reais o omega 93 2.0 na epoca? o omega 93 tem o modelo 2.2? valeu amigos obrigado.

  • lennon dorfer disse:

    Os motores 3.0 e 4.1 nâo são em v são 6 cilindros em linha.

    Obs:

    Disse que o 3.0 automatico da 200km/h isto e o que a gm autorisa e garante, tenho um 3.0 automatico e ja fiz nele 240km/h e dava pra fazer mais, me disseram que da 252km/h, depois disto ate mandei olhar se o velocimetro estava certo e realmente estava, e ja fiz de novo.

    Com relaçao ao consumo, na cidade realmente da 6,5km/l mas na estrada da 11,7km/l pois como todos devem saber o carro automatico na estrada e muito mais economico que o manual, ja

    a manuntenção depende, comprei o meu barato pois sabia que estava com problemas na caixa, mas so deu problema por falta de manuntençao, pois estava com a mangueira do radiador da caixa entupuda (automatico possui) e o pouco de oleo que possuia na caixa estava vencido, ficou em R$4,5000 mas conheços omegas automaticos 3.0 do clube do omega com 200.000km que o motor e caixa nunca foram arbetos. Para isto é so estar completando o oleo com um bom oleo, eu recomendo trocar a cada 20.000km pois a gm recomenda 40.000. Essa caixa e tao boa que sao usadas nas bmw da epoca e algumas ainda usam ate hoje. Ja sobre o automatico 4.1 ja nao sei te dizer muito mao so sei que o 3.0 e melhor na minha opiniao.

    abç. a todos.

  • David Rodrigues de L disse:

    Por favor necessito saber quais as características do Câmbio Automático que equipou o ômega CD 1993.

    • admin disse:

      David Rodrigues

      O câmbio automático do Chevrolet Omega CD 1993 é sequencial de 4 marchas. Ele possuia três ajustes eletrônico de funcionamento, normal, antipatinação e esportivo.

      O Omega 3.0 automático, vai de 0 a 100km/h em 11.7 segundos, tendo velocidade máxima de 200km/h. O consumo médio era de 6.5 km/l na cidade e 9.8km/l na estrada.

      Se você está querendo comprar um fique esperto por que o câmbio automático do Omega exige bastante manutenção, gastando bem mais que o modelo manual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *