ferrari fxx k

Ferrari apresenta a FXX K com 1050 cv

ferrari fxx k

Clique na imagem para ampliar

Continua logo após a publicidade...

Este é o carro mais potente já feito pela Ferrari, a FXX K, baseada na La Ferrari, terá produção extremamente limitada. A La Ferrari XX conta com uma poderosa motorização híbrida, capaz de despejar nada menos do que 1050 cv de potência e 90 kgfm de torque. O super carro ainda conta com o sistema de recuperação de energia KERS, o mesmo usado pela F1.

ferrari fxx k 2015

Continua logo após a publicidade...

Clique na imagem para ampliar

O modelo foi proposto sem compromisso ou proposta definida, apenas para ser o mais extremo possível em termos de desempenho e tecnologia. O modelo que já tem sua produção totalmente vendida, será oferecido para um grupo seleto de clientes da Ferrari, o lançamento oficial acontecerá em Abu Dhabi no começo de 2015.

Externamente a nova FXX K, conta com um novo pacote aerodinâmico, a dianteira traz novas tomadas de ar, spoilers duplos, 30 mm mais baixo que a La Ferrari original, nas laterais há novas saias, enquanto na traseira destaque para o exótico aerofólio posicionado apenas nas laterais do carro, e um exagerado difusor similar ao usado pelos carros de competição para também melhorar a aerodinâmica. Segundo a Ferrari estes recursos melhoraram o down force em 50% em comparação a La Ferrari, e diminui o arrasto em 30%, o que melhorou o comportamento do carro em altas velocidades.

ferrari fxx k interior

Por dentro também há novidades, para reduzir o peso tudo que era dispensável foi retirado, como as forrações das portas, teto e os carpetes do piso, várias partes foram substituídas por fibra de carbono, o painel também sofreu uma dieta restando só o essencial, até mesmo o sistema de som e multi-mídia foi removido, o interior da Ferrari FXX K é similar ao dos carros de competição, os bancos são praticamente o mesmos usados pelos carros de “gran turismo” com apoio lateral para a cabeça, o volante também é novo e traz vários novos comandos, que permite por exemplo ao piloto alterar o modo de condução e uso do KERS, entre as opções: estão “Drive” um modo normal, “Qualify” (despeja toda potência e performance porém por um curto período de tempo ou melhor como em voltas de classificação), “Long run” (indicado para uma condução mais longa), “Manual” (modo que provém o máximo de torque disponível) e “Fast charger” (ideal para uma carga rápida das baterias do sistema elétrico).

Empurrada por uma usina V12 de 6.2 litros, a Ferrari FXX K com ajustes e componentes inéditos como virabrequim, comando de válvulas, alterações no sistema de admissão, o sistema de escape também é alterado, e ainda teve o silenciadores removido. Com isso a potência deste motor chega a 860 cv, somado com o auxilio de um pequeno motor totalmente elétrico que desenvolve mais 190 cv, totaliza 1050 cv. O câmbio é automatizado DCT de 7 velocidades.

Infelizmente a Ferrari ainda não revelou os dados de desempenho da La Ferrari XX K.

ferrari fxx k

O carro contará com diversos recursos eletrônicos vindos da F1, como o F1 Track Control, diferencial eletrônico E-Diff, um sistema chamado Racing SSC, que controla as saídas laterais do carro, e ABS e EBD de competição.

A Ferrari não revelou quantas unidades da FXX K serão montadas, nem quanto custará cada uma delas, a montadora de Maranello, apenas revelou que todas as unidades já estão vendidas.

ferrari fxx k

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *