Ford XR Falcon de 1967 tunado conta com motor diesel de 600 cv

ford falcon xr 1967 zero'd

Clique na imagem para ampliar – Alta resolução

Continua logo após a publicidade...

O Salão Internacional do Automóvel da Austrália, que acontece em Sidney em outubro, trará vários lançamentos e atrações da indústria automotiva mundial, mas um dos carros que certamente chamará atenção é este Ford Falcon XR ano 1967, batizado de ZERO’D, ele foi totalmente customizado e conta com uma motorização bastante peculiar, é um muscle car “verde” ou seja econômico e pouco poluente, graças um V8 diesel de 600 cv que pode rodar também com bio-diesel.

O visual do Ford Falcon XR 1967 está impecável, o carro recebeu uma chamativa pintura “verde” para combinar com a proposta sustentável do carro, além de novos detalhes customizado na carroceria, novas e enormes rodas cromadas e suspensão a ar. O interior também foi todo refeito e modernizado e usa materiais recicláveis, como o couro do banco e os revestimentos das portas. Mas o que mais chama atenção é mesmo a mecânica deste musclecar.

ford falcon xr 1967 zero'd motor 600 hp ford powerstroke

Continua logo após a publicidade...

Clique na imagem para ampliar – Alta resolução

Este Ford Falcon XR 1967 ZERO’D, conta com um gigante motor 7.3 litros, Ford PowerStroke diesel V8, capaz de desenvolver 600 cavalos, este motor é acoplado com uma caixa de câmbio automática Allison de 4 velocidades. A tração é traseira.

Mas o que mais chama a atenção é que este potente motor diesel preparado para entregar 600 cv, foi modificado para rodar também com bio diesel. rodando com óleo vegetal, as emissões de poluentes são reduzidas em até 70%, e segundos os criadores, a potência e o torque são mantidos os mesmos.

Este Ford Falcon XR ZERO’D, foi criado por Mick Fabar, dono da Green Homes Australia, o criador queria criar um muscle car com uma pegada “verde” e ecologicamente correto. Foram necessários 11 meses para planejar e 7 meses para construir o carro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *