Governo diz que vai “flexibilizar” IPI para importados a partir de março

jac j3

Acima o JAC J3, que seria um dos beneficiados com esta redução no IPI

Continua logo após a publicidade...

Após muita polêmica, o governo brasileiro deve “flexibilizar” o IPI para carros importados vindos de fora do México e Mercosul. Mas calma o governo não vai voltar atrás com a medida protecionista que gerou o aumento de 30% do IPI para automóveis importados, aumento este que está sendo praticado desde o dia 15 de dezembro. A flexibilização do IPI será válida apenas para montadoras que estejam construindo fábrica no Brasil, estas montadoras devem ficar isentas deste aumento, já a partir do mês de março.

A noticias foi dada pelo presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial, Mauro Borges Lemos, em entrevista a  agência de noticias financeiras Bloomberg.

Lemos disse ainda a Bloomberg: “O IPI foi usado como freio de arrumação, agora vamos flexibilizar, reduzir. É um incentivo para acelerar o investimento”.

Continua logo após a publicidade...

Esta flexibilização ajudaria marcas como a Jac Motors, que já está iniciando a construção de uma fábrica em Camaçari na Bahia, além de outras montadoras que já confirmaram a construção de uma unidade de produção no país, como é o caso da BMW.

Lembrando que para ficar isenta do aumento de IPI, o governo exigirá que a montadora tenha uma fábrica local, e que os modelo tenham pelo menos 65% de seus componentes produzidos no Brasil. Uma decisão bastante polêmica.

Uma coisa é certa, o mercado de importados no Brasil que vinha crescendo a passos largos, principalmente devido a baixa do dólar frente ao real, acabou sendo acertado em cheio por este aumento de IPI. E claro mais uma vez quem saiu prejudicado com isto foi o consumidor que foi obrigado a pagar do seu próprio bolso, o preço por esta medida protecionista do governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *