novo honda city 2018

Honda City 2018 traz retoques no visual e novos equipamentos, preços partem de R$ 60.900

Com a chegada de novos concorrentes como o VW Virtus, a Honda tratou de melhorar o Honda City, o sedan na linha 2018 recebeu leves retoques visuais, além de novos equipamentos de série, porém nada muito expressivo. No total serão 6 configurações: DX, LX, EX e EXL, inclusive a chegada de uma inédita versão Personal, destinada a pessoas PCD portadores de deficiência, os preços do City 2018 permaneceram praticamente inalterados em relação ao modelo 2017, partindo de R$ 60.900 e vão até R$ 83.400.

novo honda city 2018

Visual…

As alterações visuais no Honda City 2018 brasileiro são sutis, o para-choque frontal ganhou visual robusto com linhas mais agressivas e novos faróis de neblina, a grade também é nova está maior, além de contar com uma barra cromada mais proeminente, a lâmina da grade agora avança sobre os faróis, que também são novos, estão maiores e contam com luzes LEDs. Nas laterais as novidades são as rodas de liga leve aro 15 na versão entrada DX, e aro 16 nas demais versões. Enquanto na traseira mudou o para-choque, que conta com estilo mais esportivo e limpo, além de lanternas com novas lentes de visual moderno com a parte superior translucidas e luzes LEDs.

novo honda city

Interior…

Por dentro as novidades no City 2018 são menores, a cabine apresenta um tom cinza mais escuro no acabamento do painel, além disso segue tudo igual no desenho da cabine.

Equipamentos…

Mais equipado na linha 2018, desde a versão de entrada DX (R$ 60,990) o City vem com direção elétrica, vidros elétricos com função one-touch nas quatro portas com fechamento automático no alarme, ar-condicionado (digital nas versões EX e EXL), sistema de som com entrada USB e Bluetooth, direção com assistência elétrica, volante com ajuste de altura e profundidade, além de chave tipo canivete com controle remoto.

honda city 2019

Novidade na linha 2018 a versão Personal, focada para pessoas com deficiência física PCD, além dos itens já citados na versão DX, agrega ainda câmera de ré, piloto automático, painel de instrumentos com iluminação em azul Bluemeter, retrovisores com repetidores de seta, o preço é de R$ 68.700.

A versão LX (R$ 72,500) agrega itens como câmbio automático tipo CVT, rodas de alumínio aro 16, faróis de neblina, lanternas traseiras com guia de LED, painel com acabamento em cinza escuro, volante multi-funcional e bancos traseiros rebatíveis bi-partido em 40/60.

honda city 2018 traseira

Enquanto a versão EX (R$ 77,900), além dos itens citados acrescenta na linha 2018 airbags laterais, e permanece com os equipamentos já ofertados nos anos anteriores como ar-condicionado digital automático, volante em couro, sistema de som com tela de 5 polegadas e 6 alto-falantes, câmera de ré, piloto automático, descansa braço no banco dianteiro entre outros itens.

honda city 2018 interior painel

Para a versão mais cara EXL (R$ 83.900) há uma nova centra multi-mídia com tela maior de sete polegadas e novas funções como espalhamento da tela do celular via Android Auto e Apple Car Play, além de GPS e comandos por voz, a versão também agrega uma nova câmera de ré com três ângulos, indicação de distância por cores, além de retrovisores com rebatimento elétrico (pela chave ou por um botão interno), estes equipamentos somam com os itens já oferecidos anteriormente como bancos em couro, airbag do tipo cortina, descansa braço central.

novo honda city 2018

Mecânica segue igual…

Na parte mecânica não houve mudanças, o City segue sendo equipado com o motor 1.5 16v flex que entrega 115 cv com gasolina e 116 cv com etanol, com um torque de 15.3 kgfm. Com relação ao câmbio apenas a configuração mais barata DX, traz transmissão manual de cinco marchas, as demais sem de fábrica com câmbio automático tipo CVT que simula sete marchas, e conta com borboletas atrás do volante que permitem faze as trocas também de forma manual sequencial, para as versões EX e EXL.

novo honda city 2018

Análise….
Estas mudanças na linha 2018 do City foram pontuais e necessárias, já que o sedan da Honda se prepara para passar a enfrentar rivais novos como o VW Virtus e o Fiat Cronos. De acordo com a Fenabrave, em 2017 o City ficou apenas na 36ª posição entre os mais vendidos no Brasil, acumulando no ano 15.974 unidades
Ainda ficou devendo…
O único deslize do City 2018 fica sendo a lista de equipamentos, apesar de incrementada, ela ainda deixa a desejar em alguns pontos, como pela falta de equipamentos mais tecnológicos para as versões de entrada, assim como a ausência de uma central multi-mídia para as versões intermediárias que parte de salgados R$ 70 mil, outra falha, esta talvez a maior delas é que o carro ainda não traz sistemas de segurança como controle de tração e de estabilidade, itens presentes já em modelos mais baratos.

Confira abaixo os preços do novo Honda City 2018:

City DX MT: R$ 60.900
City Personal CVT: 68.700
City LX CVT: R$ 72.500
City EX CVT: R$ 77.900
City EXL CVT: R$ 83.400