Jeep Renegade ganha edição especial Willys

jeep renegade willys edition

A Jeep anunciou o lançamento de uma edição especial do Renegade, para homenagear o saudoso Jeep Willys, lançado em 1941, que foi o percursor de toda a história da Jeep. O Renegade Willys terá visual exclusivo, com a pintura tradicional do Jeep Willys militar, “Verde Recon”, além de várias peças externas com acabamento na cor preta, como as rodas, molduras da grade, para-choques e retrovisores.

Continua logo após a publicidade...

jeep renegade willys

Clique na imagem para ampliar

Visual inspirado no Jeep Willys militar

Ainda no visual o Renegade Willys tem adesivos com inspiração militar, como a inscrição “Willys” nas laterais sobre os para-lamas dianteiros, além da estrelas militar chamadas de “Oscar Mike”, estampadas no capô e nas laterais na coluna “C”, detalhes típicos dos primeiros Jeep Willys, usados pelo exército dos Estados Unidos.

Continua logo após a publicidade...

jeep renegade willys 2019 traseira

Clique na imagem para ampliar

Do lado de dentro também há pequenos detalhes exclusivos do Renegade Willys, como a estrela militar bordada nos encostos dos bancos dianteiros, além de uma plaqueta metálica no painel, que indicará o número do carro dentro da série limitada.

jeep renegade willys

Clique na imagem para ampliar

Serão apenas 250 unidades produzidas do Renegade Willys

Serão apenas 250 unidades do Jeep Renegade Willys, todas serão baseadas na versão mais cara do Renegade, a Trailhawk, dotada de tração 4×4, motor diesel e câmbio automático de nove marchas. Porém seu preço será salgado R$ 146.990, R$ 7 mil a mais do que o pedido pela versão mais cara do Renegade (que sai por R$ 139.990), lembrando que o motor é o 2.0 turbo diesel, 4 cilindros, que produz 170 cv de potência e 35,7 kgfm de torque.

Apesar de caro a lista de equipamentos agrada

Apesar de ser caro, o Renegade Willys virá bem equipado, herdando os equipamentos da versão Trailhawk, vindo com faróis principais e luzes diurnas em LED, faróis de neblina também por LED, sete airbags, ar-condicionado digital automático, sistema multi-mídia Uconnect de 8.4 polegadas com Android Auto e Apple CarPlay além de controles do ar-condicionado pela tela ou por comandos de voz, há ainda rodas de liga leve aro 17, bancos em couro, além de itens já conhecidos como controles de tração e de estabilidade, suspensão independente nas quatro rodas, freio de estacionamento eletrônico e sistema keyless com abertura das portas por aproximação e partida do motor por botão.

jeep renegade willys teto solar duplo removível

Clique na imagem para ampliar

Além destes equipamentos o Jeep Renegade Willys virá de série com um opcional pouco conhecido no Jeep Renegade Trailhawk, o teto solar duplo removível, são duas placas rígidas feitas de fibra de vidro e polímeros, sendo que apenas a parte frontal é elétrica, porém a parte mais legal é que ambas as partes podem ser removidas manualmente com uma chave e guardadas no porta malas, criando assim um amplo teto solar panorâmico (foto acima).

jeep renegade willys

Clique na imagem para ampliar

Kit exclusivo para os compradores

Os compradores do Jeep Renegade Willys levará ainda um kit com itens exclusivos como uma jaqueta da marca Jeep Gear, garrafa térmica, plaqueta de identificação ao estilo do exército americano e maleta no formato de galão de combustível (“jerry can”) dos Jeep militares.

jeep renegade willys mala galão de combustível jerry can

Os compradores do Renegade Willys ganharão esta mala com desenho do clássico galão de combustível usado pelos Jeep Willys militar, além de jaqueta, cantil e outros acessórios

Para quem se interessou, o Jeep Renegade Willys já pode ser adquirido em uma pré-venda, em um site especial criado pela Jeep: renegadewillys.jeep.com.br/prevenda.html,os interessados terão que dar um sinal de R$ 5 mil, que será abatido do preço total do modelo, R$ 146.990.

jeep willys m38 1953

Acima um exemplar do Jeep Willys original militar de 1953

Clique na imagem para ampliar

A história do Jeep Willys

A história da marca Jeep foi moldada graças a robustez e valentia do Jeep Willys, principalmente pelo modelo ter sido usado com sucesso como carro de combate pelas tropas americanas desde 1941, estando presente na Segunda Guerra Mundial na Alemanha, na guerra da Coreia e do Vietnã, todos com o modelo original M-38.

De início o “Jeep”, era produzido pela Willys Overland e também pela Ford, que montaram o jipe de 1941 até 1945, somente os modelos militares foram mais de 600 mil unidades. Após a 2° Guerra Mundial, a Willys lançou a primeira versão civil do Jeep, batizada de CJ-5 (CJ quer dizer Jeep Civil) em 1945, ficando em produção por quase 40 anos.

O Jeep Willys chegou até a ser produzido no Brasil, pela Willys Overland, na fábrica da Ford em São Bernardo do Campo,  entre 1957 a 1982, lembrando que a marca Willys Overland é bastante nostálgica do público brasileiros, por carros como o Aero Willys, Willys Interlagos (Renault Alpine 108) e a mais famosa deles a Rural Willys, considerado o primeiro SUV do Brasil, também havia o Rural em versão picape.

Lembrando que foi o conceito do Jeep Willys deu origem ao atual Jeep Wrangler, um dos modelos mais famosos e admirados da marca Jeep, o Wrangler conserva vários elementos criados no Jeep original como as portas, teto, para-brisa removíveis, além do estilo e valentia 4×4.

Curiosidades do Jeep original

Na época não se sabia ao certo de quem era o projeto original do “jeep”, a Willys com seu fundador John Willys dizia ter projetado o carro e direito para continuar fabricando ele após a guerra, porém a Ford alegava o mesmo, chegando até processar a Willys em 1945, e após uma grande disputa judicial nem a Willys nem a Ford ficaram com os direitos do Jeep, e sim o exército americano.

O governo dos Estados Unidos considerou que o projeto original era de uma pequena fabricante americana, American Bantam (falida em 1956), e o projeto foi creditado a um engenheiro freelancer Karl Probst, que idealizou o protótipo inicial para fins militares.

Sem muito sucesso a fabricante American Bantam produziu as primeiras 2700 unidades do Jeep, porém a demanda era tanta devido a guerra, que o governo americano retirou a produção das mãos deles, passando para a Willys – devido a marca produzir motores mais potentes, e a Ford – por possuir na época uma boa linha de montagem e disponibilidade de peças. De 1941 a 1945 foram 363 mil Jeeps produzidos pela Willys e cerca de 260 mil pela Ford.

A Willys Overland conseguiu na década de 1950 adquirir os direitos de patente do projeto, após a Bantan pedir falência, ficando também com o direito sobre o nome Jeep, que mais tarde se tornou uma marca própria.

A grade da Jeep…

Outra curiosidade é sobre a origem da grade frontal que virou simbolo da marca Jeep, esta grade foi originalmente projetada pela Ford para ajudar na refrigeração do motor e deixar jipe original mais leve, como a ideia era boa, na época a Willys incorporou esta grade ao seu jipe, porém enquanto a grade original da Ford tinha 9 barras, a grade feita pela Willys vinha apenas com 7, apenas para se diferenciar, um detalhe simples, porém que criou todo um estilo que permanece presente até os dias de hoje nos carros Jeep, – note a grade frontal do Renegade com 7 aberturas verticais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *