Kia KX3 é flagrado sem camuflagem antes do lançamento na China

kia kx3

kia kx3

Este é o novo crossover da Kia, batizado de KX3, o modelo compartilha a mesma plataforma do ainda não lançado crossover da Hyundai, ix25, e possui dimensões similares as do Ford Ecosport. Ele deve ser lançado na China em março de 2015. A novidade traz um estilo bastante particular, diferente dos demais modelos da Kia.

Continua logo após a publicidade...

kia kx3 concept

Baseado no conceito mostrado em novembro passado (foto acima), a versão de produção do KX3, traz poucas alterações entre o protótipo mostrado recentemente e a versão que chegará as ruas, o conjunto de faróis e grade ficaram mais arrojados, e mais racionais, os faróis de neblina também  foram reprojetados ficaram mais simples e maiores em relação ao conceito, o carro também ganhou luzes LEDs diurnas, porém de resto tudo é similar ao carro conceito mostrado em novembro no salão de Guangzhou.

kia kx3

Resultado entre uma parceria da chinesa Dongfeng-Yueda, com a Kia Motors, o KX3 mede 4.27 metros, tendo distância entre-eixos de 2.59 metros, o modelo tem dimensões similares a modelos conhecidos dos brasileiros, como o Ford Ecosport e Chevrolet Tracker. Ele ficará posicionado no mercado abaixo do Kia Sportage. Uma das atrações do crossover compacto deve ser o bom espaço de seu porta malas, com capacidade para 400 litros.

Continua logo após a publicidade...

Mecânica…

Na parte mecânica o Kia KX3 trará na versão de entrada o mesmo e conhecido motor do Kia Soul, o 1.6 a gasolina com 123 cv, enquanto a versão mais cara virá com um 1.6 turbo com 204 cv. A transmissão será de série manual de seis velocidades, como opcional o comprador poderá equipar o KX3 com uma moderna transmissão automática de seis velocidades. Enquanto a versão top com motor turbo trará de série câmbio automático de 7 velocidades DCT.

kia kx3

Apenas para os chineses…

Por enquanto as notícias dão conta que o Kia KX3 será uma exclusividade para o mercado chinês. as vendas devem começar a partir de março de 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *