lei extintor veicular abc

Lei que obriga extintores tipo ABC com pó químico nos carros entre em vigor dia 1º de janeiro

extintor de incêndio veicular abc

Você que tem um carro produzido anterior a 2010 é bom ficar esperto para não ter surpresa, a partir do dia 1° de janeiro de 2015 entra em vigor em todo o Brasil a obrigatoriedade de que todo veículo no país deve circular equipado com extintor de incêndio tipo ABC (extintor com pó químico), até então a lei brasileira permitia que também fosse usados extintores mais simples tipo BC.

Continua logo após a publicidade...

Lembrando que esta Resolução nº 333/2009, foi aprovada pelo Contran (Conselho Nacional de trânsito) em novembro de 2009, então foi dado um prazo de 5 anos para que os motoristas se adequassem a nova norma. Vale lembrar também que desde 2010, quando a lei foi aprovada, os carros 0km produzidos no Brasil passaram a sair de fábrica equipados com extintor de incêndio ABC de 1kg, existem também vários veículos 0km que desde 2005 já contam com extintor ABC, portanto é bom dar uma conferida se o seu veículo já possui ou não o extintor veicular tipo ABC.

extintor de incêndio veicular abc

Continua logo após a publicidade...

Extintor ABC e BC qual a diferença?…

Os extintores BC são mais simples e baratos, porém o equipamento é feito para combater incêndios mais brandos, como de líquidos inflamáveis, ou de equipamentos elétricos, já os extintor ABC, por possuírem pó químico são mais completos, tendo capacidade para extinguir incêndios maiores como em pneus, estofados, espumas, plásticos e partes sólidas em geral.

Multa…

Para quem for pego a partir do dia 1º de janeiro portando em seu veículo um extintor tipo BC, sofrerá multa de R$ 127.69, e o proprietário do veículo terá ainda 5 pontos acrescidos em sua Carteira de Habilitação.

Fique atento ao prazo de validade do extintor…

Lembrando que se o seu carro já estiver equipado com extintor ABC, você deve ficar atento a outros pontos importantes e substituir o equipamento se necessário nos seguintes casos:

– terminado a validade de 5 anos dada pelo fabricante;
– caso ocorra uma despressurização (ver no equipamento o nível de carga).
– ou se você o tiver usado.

Lembrado que quem desrespeitar os itens acima também estará passível de multa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *