Novo Renault Twingo 2012 é flagrado na Europa

renault twingo 2012

Foto: Auto Week

Continua logo após a publicidade...

A Renault prepara ainda para este ano uma reestilização do Twingo, o modelo que atualmente na Europa está em sua quarta geração foi lançado em 2008, e provavelmente em setembro ganhará uma nova dianteira e traseira, além de um interior completamente novo. Confira…

O Twingo 2012 será o primeiro modelo da atual gama da Renault a adotar a nova proposta de estilo da marca, caracterizada pelo para-choque com a enorme entrada de ar, e a grade moderna dividida por um friso preto, os faróis também serão novos, o destaque também para os faróis auxiliares posicionados em destaques em uma posição diferenciada, assim como em um carro de rali, algo que deve chamar atenção, por fim o capô também é uma novidade.

Nas laterais do Twingo não houve alterações, enquanto na traseira as lanternas foram redesenhadas, adotando um estilo com partes divididas. A Renault já sabe que o novo visual do Twingo deve dividir opiniões e causar polêmica.

Continua logo após a publicidade...

renault twingo 2012 flagra traseira - flagra rear view

Foto: Auto Week

O interior deve trazer novidades, o painel deve ser totalmente redesenhado, sendo que os mostradores serão posicionados  ao centro do painel e não atrás do volante como de costume. Algo também fora do comum. Os bancos trarão estampas coloridas e chamativas.

O Twingo 2012 foi flagrado rodado sem camuflagem possivelmente já realizando as fotos de divulgação, o que nos faz supor que a Renault deve mostrar o modelo em breve. É certo que ele fará sua estreia na Europa em setembro no Salão de Frankfurt na Alemanha e deve chegar as lojas no final deste ano.

Fonte e fotos: AutoWeek

2 Comments

  • STEVEN HENRIQUE NEVE disse:

    PORQUE A RENAULT NÃO CONTINUA O TWINGO 2012 NO BRASIL?

    • admin disse:

      Resposta – Steven Henquique

      O Renault Twingo seria sim uma boa opção para o mercado brasileiro, porqui ele ocuparia a mesma faixa de mercado do atual Clio, sendo o modelo de entrada da Renault. Porém o custo de produção do carro no Brasil seria muito elevado, e suas vendas não justificariam todo esse investimento, e trazer o carro pra cá importado deixaria seu preço bastante elevado e fora dos padrões para o tipo de carro.

      abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *