Provalmente o fim ! SAAB entra com pedido de falência na Suécia

saab logo

Parece o fim para a Saab, envolto em uma grave crise financeira a tradicional montadora sueca entrou com pedido de falência na justiça local nesta segunda-feira (19 de dezembro). A decisão foi tomada após a GM, que é antiga proprietária da marca, vetar um acordo entre a Saab e uma montadora chinesa que iria investir na salvação da marca.

Continua logo após a publicidade...


saab

Acima o SAAB 900 – modelo mais vendido na história da montadora

Ultimamente a situação da Saab ficou dramática, em 2010 a montadora que pertencia a General Motors quase fechou as portas, ela foi nos últimos minutos do segundo pelo tempo, salva pelo empresário Victor Muller ex-dono da fabricante de superesportivos Spyker. Muller se dedicou incansavelmente na missão de salvar a Saab, ele criou vários planos de resgate e iniciou uma restruturação na companhia, porém acabou fracassando em sua difícil missão. Atolada em divida, a montadora que foi criada em 1947 como braço automotivo da Svenska Aeroplan, ficou incapaz de pagar seus fornecedores e trabalhadores.

Continua logo após a publicidade...

saab

O lance derradeiro na história da SAAB foi a tentativa de parceria com a montadora chinesa chamada Youngman Automobile, a proposta acabou sendo impedida pela General Motors, que apesar de ter vendido a companhia por $ 400 milhões de dólares manteve o direito de veto. A GM resolveu vetar o acordo com medo de que propriedade intelectuais e tecnologias detidas pela SAAB acabem sendo repassadas para a chinesa Youngman. A GM afirma oficialmente que se recusa a transferir tecnologias para um grupo chinês.

saab phoenix

Acima o SAAB Phoenix Concept, um dos últimos modelos feitos pela marca sueca

Em sua nota a imprensa, a SWAN (atual controladora da SAAB), afirmou que  não irá realizar qualquer valor de suas ações na Saab Automobile e vai amortizar o seu interesse na empresa completamente, ou seja eles não irão vender suas ações. Atualmente 3.600 pessoas trabalham para a SAAB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *