Que crise ?? Lamborghini bateu recorde de vendas em 2015

lamborghini aventador lp750-4 sv

lamborghini aventador lp750-4 super veloce

Apesar de boa parte do mundo, inclusive na Europa as vendas de automóveis estarem caindo, para algumas montadoras de luxo não há o que reclamar, como por exemplo a Lamborghini, 2015 foi o ano que a marca italiana de superesportivos mais vendeu em toda a sua história.

Continua logo após a publicidade...

lamborghini huracan lp610-4

Foram nada menos do que 3245 Lamborghinis vendidos em 2015 ao redor do mundo, passando pela primeira vez a marca de 3000 carros vendidos em um ano, superando e em muito os números de 2014, onde foram comercializadas 2530 unidade dos modelos da marca.

Pode não parecer muito 3245 carros em um ano, porém se levarmos em conta que no Brasil o modelo mais barato da marca, o Huracan, não sai por menos de R$ 1.85 milhões e que os carros são feitos para um público mais do que seleto, estes números anunciados são sem dúvidas expressivos e chamam a atenção.

Continua logo após a publicidade...

lamborghini huracan lp580-2

Tanto é que frente a este aumento em suas vendas, a Lamborghini já fala que irá contratar mais funcionários para conseguir dar conta da alta demanda, só este mês de janeiro 2016 foram contratados 30 novos funcionários pela marca, e somente em 2015 foram contratados 150 pessoas, entre técnicos, especialistas e trabalhadores para a linha de montagem, todos para a única fabrica da marca, localizada Sant’Agata Bolonha, na Itália, hoje esta unidade de produção trabalha com um total de 1300 funcionários.

Para os próximos anos, a Lamborghini fala que ampliará fisicamente sua fábrica dos 80.000 metros quadrados atuais para 150.000 metros, e adicionará 500 novos trabalhadores.

lamborghini veneno

Atualmente a Lamborghini aposta em dois modelos recém lançados o Huracan e o Aventador, além das versões normais a montadora também conta com versões diferenciadas recém lançadas como o Aventador LP 750-4 SV, ou Huracan LP580-2,  destaque ainda para modelos super especiais, limitados e muito rentáveis como o Veneno, lançado em 2014 e que teve cada uma de suas 9 unidades vendidas por 3.3 milhões de euros e o “Centenário”, modelo que só será mostrado em março mas já teve todas suas 40 unidades (20 coupés e 20 roadsters) esgotadas, cada uma delas vendida por 2.38 milhões de dólares.

Ou seja, a Lamborghini não tem do que reclamar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *