Renault mostra na Índia o Triber, um SUV compacto de baixo custo e 7 lugares

renault triber

A Renault mostrou na Índia o Triber, um interessante SUV / minivan ultra compacta que mede menos de 4 metros, porém tem espaço interno para sete pessoas. Um conceito quase que milagroso, já que ele usa a mesma plataforma do Kwid, e as dimensões da sua carroceria são menores que as do Renault Sandero. Ele deve começar a ser vendido na Índia ainda em 2019.

Continua logo após a publicidade...


renault triber

Feito (por enquanto) apenas para ser vendido no mercado indiano, o Renault Triber será um carro de 7 lugares de baixo custo, seu preço deve partir de 5 Lakhs, algo próximo dos R$ 28.000 (mais barato que o Kwid brasileiro), que parte de R$ 32 mil. Este preço mais atraente também é devido a carroceria compacta do modelo, propositalmente menor do que 4 metros, o que permite ao modelo indiano ser enquadrado como um carro compacto e ganhar isenção de impostos por lá.

renault triber

Visualmente o Triber traz um desenho moderno, limpo e fácil de agradar, a dianteira segue o padrão mundial de estilo da Renault e também herda alguns elementos do Kwid, o modelo traz faróis grandes com luzes LED, faróis de neblina também em LED, para-choque com estilo esportivo, e grade larga e que se integra aos faróis trazendo ainda acabamento cromado.

Continua logo após a publicidade...

renault triber traseira

Nas laterais as janelas são grades e há um pequeno recorte na coluna “C”, a parte inferior das portas conta com aplique em plástico similar ao usado pelo Kwid, o teto é alto assim como em uma minivan, há um rack no teto e apliques em plástico nas caixas de rodas, além de outros elementos visuais que deixam o Triber com um jeitão de aventureiro urbano e SUV.

Outro detalhe que chama atenção é que o Renault Triber apesar de compacto (tem exatos 3.99 m de comprimento), é bastante largo, tendo 1.93 m de largura (com os retrovisores fechados 1.74 m), nada menos do que 35 cm mais largo que o Kwid. A boa altura do solo vinda do Kwid também é destaque, ele tem 18,2 cm em relação ao solo. A altura total do carro é de 1.66 m, são 8 cm a mais que o Kwid.

renault triber

Por falar em medidas, as dimensões internas do Renault Triber são bastante amplas, os bancos ficam em uma posição mais baixa, por exemplo, do assento na segunda fileira até o teto há 91 cm de altura, já na terceira fileira esta mesma medida é de 83 cm, o que permite a passageiros mais altos viajarem sem raspar a cabeça no teto, porém não há milagres, a distância para as pernas dos ocupantes na terceira fileira é bastante pequena, sendo de apenas 9.1 cm.

renault triber

Porque apenas 4 metros ?

Os engenheiros da Renault na Índia tiveram que quebrar a cabeça para permitir ao Triber ter 7 lugares sem ultrapassar os 4 metros, o motivo disso é atender a legislação indiana e conseguir isenção fiscal de impostos. Como na Índia o transito é bastante caótico e cada metro na rua é disputado com ferocidade, desde 2008 o governo indiano tem uma lei para incentivar a população a ter carros mais compactos, de acordo com a lei, a tributação de impostos para carros com menos de 4 metros é de 8%, contra 20% de veículos maiores, por isso o preço atraente do Triber. Esta lei criou alguns casos curiosos como o Ford Ka sedan (chamado por lá de Figo), que literalmente teve seu porta-malas achatado na Índia para se enquadrar na legislação, o resultado não ficou muito bonito, o mesmo aconteceu com a versão antiga do Polo Sedan.

renault triber interior painel

O segredo para medir 4 metros e conseguir 7 lugares está na distância entre-eixos do Renault Triber, ela foi ampliado nada menos do que 20 cm em relação ao Kwid, totalizando 2,63 metros. A Renault não divulgou o espaço do porta-malas do Triber, porém a montadora afirma que na configuração com cinco lugares, ele terá o maior porta malas da categoria.

renault triber interior

renault triber interior

Interior…

O interior do Renault Triber tem acabamento simples e sem grandes detalhes, porém as peças aparentemente são bem encaixadas e o desenho do painel é limpo e de bom gosto, há ainda itens de modernidade como sistema multi-mídia com tela touch, painel de instrumentos digital, ar-condicionado, airbag duplo e laterais para o bancos dianteiros, vidros, travas e retrovisores elétricos, sensor de estacionamento traseiro, além de partida do motor sem chave por botão.

renault triber interior painel

Motor 1.0 é o mesmo do Kwid…

Além de ser compacto para conseguir a isenção de imposto, o carro compacto na Índia não pode ter motor maior do que 1.2 litros. Por isso
o conjunto motriz (motor e câmbio) do Triber é exatamente o mesmo do Renault Kwid, ou seja, um bloco 1.0, SCe três cilindros, aspirado, porém por lá ele só bebe gasolina, sua potência é de 72 cavalos e o torque de 9.8 kgfm, o câmbio será manual de cinco marchas, podendo opcionalmente ser automatizado EASY R, também com cinco marchas. É interessante imaginar o desempenho dele com este motor 1.0 de 70 cv carregado com sete pessoas a bordo.

renault triber

O Triber virá para o Brasil ?

Por enquanto a Renault não tem planos de vender o Triber além do território indiano, apesar do modelo ser feito sobre a mesma plataforma do nosso Kwid, dificilmente ele virá para o mercado brasileiro. Mas o Triber teria espaço no nosso mercado?. Tudo indica que sim, já que no Brasil, assim como acontece no mercado indiano simplesmente não existe no mercado um carro de sete lugares de baixo custo, por aqui este tipo de modelos são raros e caros, e se resumem a poucas opções “acessíveis” como o Chevrolet Spin que nesta versão com 7 lugares parte da casa dos R$ 80 mil. Imagine se a Renault conseguisse produzir um carro de sete lugares e oferta-lo com preço na casa dos R$ 40 mil (preço pedido pela versão mais cara do Kwid), certamente seria uma ótima opção no mercado, é aguardar para ver se os planos da Renault mudarão.

Um comentario

  • Ronald Luiz Duarte disse:

    Ronald Luiz Duarte disse:
    14/06/2019 às 17:24
    Boa tarde
    Comprei o meu primeiro Duster em 2012, troquei pela versão 2016, estou na expectativa de trocar pela 2020 novo modelo Dacia, goistaria de saber quando poderei ter a minha .
    ATT
    Ronal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *