São Paulo Indy 300: Will Power vence em uma prova cheia de emoções e disputas

Foto: Luca Bassani/Tazio (www.tazio.com.br)

indy sao paulo 2010 will power penske

Continua logo após a publicidade...

Não faltou emoção na abertura do campeonato 2010 da Fórmula Indy, a prova que foi disputada no circuito de rua em São Paulo, foi recheada de muitas ultrapassagens, acidentes e chuva, ingredientes que tornaram a corrida ainda mais especial e emocionante, e ao final o australiano de equipe Penske, Will Power, se sagrou vencedor, Ryan Hunter-Reay da Andretti liderou parte da corrida mas ficou em segundo e o público que lotou as arquibancadas do Anhembi viu o brasileiro Vitor Meira subir ao pódio na terceira posição;


Foto: Antônio Scorza/AFP

sao paulo indy 300 2010 largada

Largada com muita poeira na pista, causou confusão entre os pilotos

Continua logo após a publicidade...

A São Paulo Indy 300, começou quente, e logo na largada houve alguns toques na primeira curva e o piloto brasileiro Mario Moraes tentou desviar do tumulto e literalmente atropelou o norte americano Marco Andretti (confira na foto abaixo), o carro do brasileiro foi parar em cima do carro de Andretti, porém o acidente não passou de um grande susto e ambos saíram ilesos. Na primeira curva também se enroscaram Hélio CastroNeves e Scott Dixon.

Foto: reprodução

acindente sao paulo indy 300 2010 largada / mario moraes e marco andretti

Acima o impressionate acidente de Mario Moraes e Marco Andretti, mas ao final tudo bem

Após a relargada o pole Dario Franchitti se manteve na frente, seguido por Alex Tagliani, Hunter-Reay e Tony Kanaan que seguia em quarto, porém na volta 28, Kanaan foi tocado por Tagliani, rodou e perdeu uma volta, dando adeus a qualquer chance de vitória.

A prova estava bem disputada quando com pouco mais metade das voltas previstas, a chuva caiu de forma torrencial no circuito, causando uma confusão entre os pilotos, já que alguns tentaram ficar com pneus para seco e outros foram logo para os pits por pneus para chuva, depois de algumas voltas em baixo d’ água, a direção da prova achou melhor paralisar a prova e esperar a secagem da pista.

Foto: Streeter Lecka/Getty Images/AFP

acindente sao paulo indy 300 2010

Após mais de 30 minutos paralisada, a corrida da Indy em São Paulo finalmente foi reiniciada, e agora o final seria por tempo de prova e não por voltas completadas, teríamos ainda 40 minutos de corrida.

As posições na pista começaram a ser alteradas quando o circuito secou e os pilotos foram para os pits para colocarem pneus slick. Hunter-Reay e Ryan Briscoe foram o que se saíram melhores após a chuva, disputando a liderança da prova por várias voltas.

Faltando menos de 10 minutos para o fim Briscoe fez a ultrapassagens sobre o líder Hunter-Reay, porém não suportou a pressão e perdeu o controle do seu carro e uma curva na volta seguinte e foi parar na barreira de pneus.

Foto: saopauloindy300.com.br

podio sao paulo indy 300

Nos 3 minutos finais Hunter-Reay já tinha a vitória nas mãos, quando foi ultrapassado na penúltima volta por Will Power, que cruzou a linha de chegada em primeiro. Vitor Meira soube se manter bem na pista e ainda ganhou o terceiro lugar de outro brasileiro Raphael Matos que completou a prova em quarto.

Brasileiros:

Helio Castro Neves, completou a prova em 9°, logo a frente de Tony Kanaan o 10°, a estreante na Indy Bia Figueiredo, mesmo após alguns erros fez uma boa corrida e terminou em 13°, ela foi a melhor das três mulheres que disputaram a prova. Outro piloto do Brasil Mário Romancini foi o 17°.

Confira o resultado final da São Paulo Indy 300:

1°. Will Power (AUS/Penske), 2h00min58s ( 61 voltas)
2°. Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti), a 1s8581
3°. Vitor Meira (BRA/A.J.Foyt), a 9s7094
4°. Raphael Matos (BRA/De Ferran Luczo Fragon), a 10s4235
5°. Dan Wheldon (ING/Panther), a 10s8883
6°. Scott Dixon (NZL/Chip Ganassi), a 11s3473
7°. Dario Franchitti (ESC/Chip Ganassi), a 12s0579
8°. Mike Conway (ING/Dreyer & Reinbold), a 12s1654
9°. Helio Castro Neves (BRA/Penske), a 12s7411
10°. Tony Kanaan (BRA/Andretti), a 13s4850
11°. Justin Wilson (ING/Dreyer & Reinbold), a 13s9193
12°. Ernesto Viso (VEN/KV), a 16s9039
13°. Bia Figueiredo (BRA/Dreyer & Reinbold), a 19s6451
14°. Ryan Briscoe (AUS/Penske), a 1min14s9191
15°. Danica Patrick (EUA/Andretti), a 1 volta
16°. Simona de Silvestro (SUI/HVM), a 3 voltas
17°. Mário Romancini (BRA/Conquest), a 15 voltas
18°. Alez Lloyd (ING/Dale Coyne) a 31 voltas
19°. Alex Tagliani (CAN/Fazzt), a 33 voltas
20°. Hideki Mutoh (JAP/Newman-Haas-Lanigan), a 34 voltas
21°. Milka Duno (VEN/Dale Coyne), a 41 voltas
22°. Takuma Sato (JAP/KV), a 61 voltas
23°. Marco Andretti (EUA/Andretti), a 61 voltas
24°. Mario Moraes (BRA/KV), a 61 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *