Subaru apresenta a nova geração do motor Boxer

subaru boxer motor

A Subaru ao lado da Porsche, são atualmente as únicas no mundo a usar os motores Boxer, na qual os cilindros são contra-postos horizontalmente em linha, e nesta semana a montadora apresentou a terceira geração deste interessante motor, o 2.0 4 cilindros Boxer que começará em breve a equipar os modelos da marca.

Continua logo após a publicidade...

Segundo a Subaru este novo motor Boxer, é mais eficientes que o anterior, sendo cerca de 10% mais econômico, além de entregar mais torque em baixas rotações. Para isto o curso dos pistões foram aumentado e a largura dos cilindros diminuiu.

Na pratica o novo 2.0 Boxer conserva a mesma potência da geração anterior, desenvolvendo 146 hp, mas despejando mais torque, são 196 kgfm contra 191 kgfm do anterior.

motor boxer subaru / subaru boxer engine

Continua logo após a publicidade...

Comparado com os tradicionais motores em “V”, o Boxer com seus cilindros contra-postos, tem como vantagem além de possuir um menor tamanho, são mais leves o que melhora em muito o centro de gravidade do carro, outro ponto é que este tipo de motor produz bem menos vibrações, já que os pistões da direita cancelam a vibração de cada outro na esquerda. Estes motores são bastante antigos, os primeiros foram lançado no começo da década de 1940 e se tornaram popular principalmente pelos Volkswagen Fusca e Kombi, que traziam este tipo de motor com refrigeração a ar, claro que bem inferior e quase que totalmente ao Boxer usado hoje em dia pela Porsche e Subaru.

O primeiro modelo da Subaru a receber este novo motor Boxer será o Forester.

2 Comments

  • Rogerio disse:

    Prezado editor,

    Não existe "menas" vibrações e sim MENOS vibrações.
    Outro detalhe, os motores de fusca e kombi eram refrigerados a ar e não a água como você descreve. Isto na época era um dos atrativos do Fusca, Brasília e Kombi, já que não tinham radiador.

    • admin disse:

      Rogerio

      Obrigado pelas correções, claro é menos e não menas, como nós escrevemos.

      Quanto ao motor do Fusca e da Kombi, eles trazia refrigeração a ar e não a água.

      abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *