toyota c hr 2017

Toyota C-HR – Futuro arqui-rival do Honda CR-V é oficialmente apresentado

novo toyota c-hr 2017

C-HR, HR-V a coincidência de nomes denuncia a missão do novo crossover da Toyota que será mostrado amanhã no Salão de Genebra, que chega com a missão de enfrentar diretamente o Honda HR-V e de quebra outros adversários no promissor segmentos dos SUVs urbanos compactos, como o Ford EcoSport, Chevrolet Tracker (Opel Mokka na Europa), Jeep Renegade, Peugeot 2008, Renault Captur, além do Nissan Juke (na Europa).

toyota c-hr 2017

Apostando em um design ousado, diferente de todos os demais modelos da Toyota, o C-HR tem tudo para repetir o sucesso dos rivais. O pessoal da Toyota parece que deu asas à criatividade nesse modelo, ao começar pelo estilo da carroceria, que é um misto de coupé e utilitário esportivo, solução adotada de forma mais sutil inicialmente pelo Nissan Juke no segmento. Da dianteira a traseira a carroceria é toda marcada por frisos e vincos, que dão um ar anabolizado e descolado ao C-HR. Repare ainda no estilo das janelas laterais traseiras, e nas lanternas tridimensionais que invadem as laterais.

novo toyota c-hr 2017

Fiel ao conceito exibido no último ano – sim esta já é a versão de produção que chegará as lojas, o C-HR certamente vai chamar atenção nas ruas e dar trabalho aos rivais. Ele é o primeiro carro da Toyota construído sobre a nova plataforma TNGA, que também servirá de base para as novas gerações dos principais modelos da Toyota, como o Camry e Corolla.

As informações sobre motores serão divulgados apenas na apresentação oficial do carro, em Genebra, certo é que na Europa ele contará com opções de motores a diesel, a gasolina e ainda uma variante híbrida. Essa última deve ter um conjunto semelhante ao utilizado no Prius, um bloco 1.8 L Atkinson quatro cilindros auxiliado por dois motores elétrico. A potência deve ficar na faixa dos 121 CV.

novo toyota c-hr 2017

O C-HR é considerado um dos lançamentos mais importantes da Toyota nos últimos anos, ele é essencial para que a marca continua sendo a líder em vendas a nível mundial. Além da Europa, ele também será vendido nos EUA e possivelmente no Brasil.

Seja no Brasil ou na Europa, o segmentos dos SUVs compactos se tornou o eldorado para as montadora. O segmento está crescendo a passos largos nos principais mercados e a Toyota dormiu no ponto. Agora a montadora japonesa que em 2015 mais uma vez foi a maior  do mundo em vendas, promete correr atrás do tempo perdido.