Chevrolet Tracker chega ao Brasil. Bonito e bem equipado SUV não fica devendo em nada para o EcoSport ao não ser no preço

chevrolet tracker 2014

Demorou mas finalmente ele chegou, depois de ida e vindas, a Chevrolet está lançando no Brasil o jipinho, ou se preferir o crossover Tracker. Bonito, atual e muito bem equipado o novo SUV compacto da GM chega com munição para incomodar o Ford EcoSport e companhia. A má notícia e que a Chevrolet (pelo menos por enquanto) trará para o Brasil, somente a versão top de linha do Tracker, a LTZ que custa R$ 71.990, e que pode vir opcionalmente com teto solar, e neste caso o valor pode chegar a bagatela de R$ 75,490. Um banho de água fria, para muita gente que esperava que o Tracker chegasse com um preço mais competitivo, mas ele tem qualidades pra se dar bem no nosso mercado. Confira em detalhes…

Continua logo após a publicidade...

novo tracker 2014

Inicialmente a expectativa era de que o Tracker custasse na faixa entre R$ 60.000 e R$ 70.000, já que o modelo vendido por aqui vem importado do México e não paga imposto de importação. Porém a GM por hora decidiu por motivos não conhecido, trazer apenas a versão top de linha, enquanto a opção de entrada LT, deve ser lançada futuramente.

novo chevrolet tracker 2014

Continua logo após a publicidade...

Abaixo do Captiva o Tracker tem porte de EcoSport

Derivado da mesma plataforma do compacto Onix, Sonic, Spin e Cobalt, o Tracker foi apresentado em outubro do ano passado no Salão de Detroit, no EUA, com a pretensão de se tornar um carro global da GM, ele será vendido em mais de 140 países ao redor do mundo, tendo como mercados alvos, as Américas e a Europa.

Facilmente dá para dizer que o design é o principal atrativo do Tracker, o estilo imponente e moderno agrada logo de cara, o visual parece ter sido inspirado nos abrutalhados SUVs americanos da GM, a grade dianteira segue o atual padrão de estilo mundial da Chevrolet, destaque para os para-lamas anabolizados que dão um ar robusto ao carro, sensação de porte maior, que é reforçada pela linha de cintura destacada, principalmente sobre as caixas de rodas, que passa uma aparência musculosa ao Tracker, além das rodas de liga leve aro 18, que são de série nesta versão LTZ. Muita gente acha que o Tracker é parecido com a Captiva, até se chegou à espera que ele fosse substituir o modelo, mas segundo a GM isso não vai ocorrer, principalmente pelo porte mais compacto do Tracker.

novo tracker 2014

À primeira vista o Chevrolet Tracker parece ser bem maior do Ford Ecosport, porém essa é uma das atrações do design musculoso do modelo, já que ambos tem praticamente o mesmo tamanho, 4.25 m de comprimento. Se o exterior do Tracker disfarça bem suas dimensões compactas, o mesmo não dá para dizer do interior, o espaço é apenas razoável, o entre-eixos é de 2.55 m, mesmo tamanho do Eco, porém 12 cm a menos do que outro rival a ser batido o do Renault Duster. A decepção mesmo fica por conta do porta-malas de apenas 306 litros, enquanto o suv da Ford leva 362 litros, e o Renault Duster com espaçosos 475 litros.

chevrolet tracker interior

Apesar do espaço não ser tão amplo, por dentro o Tracker agrada, arquitetura é praticamente a mesma do Sonic, um estilo diferente bastante moderno. Porém não há o reclamar da qualidade do acabamento (apesar da versão vendida por aqui ter um acabamento do painel e das portas em um plástico em tom cinza claro de gosto duvidoso, similar ao dos outros modelos da GM por aqui), que se não é superior ao do Ecosport está no mesmo nível) e no conjunto de equipamentos de série, que alias é outro ponto forte, o Tracker LTZ vem repleto de itens, entre eles ar condicionado, direção hidráulica, vidros elétricos nas quatro portas, espelho retrovisores elétricos, airbag duplo frontal, freios ABS com EBD, bancos de couro, além de rodas de liga leve aro 18 e central multimídia MyLink com tela LCD touch de 7 polegadas, semelhante ao utilizado no Onix, o equipamento permite ao motorista controlar várias funções do carro como áudio e temperatura e exibe imagens da câmera de ré, porém o equipamento peca inexplicavelmente pela ausência do navegador GPS. Há ainda a configuração LTZ Plus, que custa R$ 75,990 e adiciona teto solar e airbags laterais e tipo cortina (totalizando ao todo seis airbags).

chevrolet tracker interior
Mecânica moderna…
O conjunto mecânico do Chevrolet Tracker é o mesmo utilizado no Cruze, um interessante bloco 1.8 Ecotec flex que desenvolve 140 CV com gasolina e 144 CV com etanol, essa potência chega as rodas dianteiras por meio de um câmbio automático de seis velocidade, chamado de GF6, transmissão essa que já é conhecida de outros modelos da Chevrolet brasileira, como Spin, Cruze e Sonic. O Tracker não é nenhum foguete, mas também não decepciona no acelerador, a passagem de 0 a 100 de km/h é feita em 11.7 segundos, enquanto a velocidade máxima anunciada é de 189 quilômetros por hora.

novo chevrolet tracker 2014

Enfim o Tracker é um ótimo carro, tem estilo, equipamentos, e interior caprichado, não é à toa, que tinha muita gente na espera do modelo, na maior parte das concessionárias da GM há fila de espera pela novidade. O único problema fica sendo o seu preço elevado, R$ 72.000 é um valor bem salgado para a maioria dos brasileiros, a quantia é quase 20% mais caro do que o EcoSport Freestyle, que sai por R$ 61.500, a versão mais vendida do modelo da Ford (que verdade seja dita vem muito bem equipada com a maioria dos itens do Tracker). Ou ainda se compararmos ao Renault Duster que na versão mais vendida Expression 2.0 16v sai por R$ 59.990. Ou seja, esse preço a mais do Tracker deve ser tratado como um custo a mais pela imagem do carro, que chega com um pelo menos na pretensão um status mais jovem e moderno que o rivais.

chevrolet tracker 2013

novo chevrolet tracker 2014

Pelo menos por enquanto a Chevrolet não tem planos de produzir o Tracker no Brasil, portanto não espere tão cedo, uma versão do Tracker custando na faixa dos R$ 50,000, a exemplo do rivais. Vale lembrar que ele é apenas um dos integrantes da nova safra de SUVs compactos a chegar no Brasil, o segmento promete esquentar de vez, como o lançamento do Renault Captur e do Peugeot 2008, no início do próximo ano.

chevrolet tracker 2014

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *