Vendas de carros importados desaba 21% no semestre e setor prevê demissões de até 10.000 pessoas

kia sportage

A vida não está nada fácil para quem trabalha com carros importados. Graças as medidas protecionista do governo, em especial o aumento de IPI de mais de 30%, já se pode dizer que o setor passa por uma crise. Ontem (10 de julho), a ABEIVA (entidade que reuni as Importadoras de Veículos no Brasil), anunciou uma queda de 21.6% nas vendas de carros importados no semestre de 2012.

Continua logo após a publicidade...

No mês passado (junho) foram emplacados 11,201 carros importados, um redução de 9.6% em relação a maio (12,388). Ao todo, o primeiro semestre fechou com emplacamento de 70,969 unidades contra 90,518 no mesmo período de 2011. Além do IPI elevado, outro fator que contribuiu para a queda de importados no Brasil foi a alta do dólar.

jac revenda

De marca premiums como Land Rover e Mercedes, a fabricante populares como JAC e Changan, todos as montadoras sem exceção tiveram queda acentuadas nas suas vendas.

Continua logo após a publicidade...

De acordo com a ABEIVA, caso a queda  nas vendas na seja revertida, nos próximos meses mais de 10.000 pessoas podem perder os seus empregos. No seu “release” a associação ainda critica o Governo Federal, que parece pouco disposto a tomar medidas para tentar reverte essa situação. Para Flávio Padovan, duas medidas que pode ajudar, são estabelecer um sistema de cotas ou importações autorizadas.

Segundo a entidade, o setor de carros importados emprega atualmente 35.000 pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *