Vergonha – Governo aumenta em 30% o IPI para carros importados

chery qq

Com o aumento o pequeno Chery QQ pode passar de R$ 23.900 para R$ 31.070

Continua logo após a publicidade...

Vergonha, esta talvez seja a palavra que melhor defina o aumento de 30% no imposto IPI (Imposto Sobre Produtos Industrializados) para carros importados vindo de fora do Mercosul e México. Na pratica a polêmica medida anunciada na noite de ontem (15 de setembro) pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega irá encarecer em até 30% o valor dos veículos importados 0km vendidos no Brasil, o que chega a ser um absurdo. Entenda melhor…

Este aumento de IPI para carros importados nada mais é do que uma medida protecionista para as montadoras nacionais, que estão sendo ameaçada com a forte aumento das vendas dos carros importados principalmente o de marcas chinesas.

jac j3

Continua logo após a publicidade...

O JAC J3 que atualmente é vendido por R$ 37.900 pode custar R$ 49.270, difícil de acreditar não?

De início o polêmico aumento de imposto será válido a partir de hoje (16 de setembro) até o dezembro de 2012.

Um detalhe importante é que este aumento de IPI não englobará carros produzidos no Brasil, a não ser que não tenham 65% de seus componentes produzidos em território nacional. Para ficar livre deste aumento as montadoras precisarão ainda atender a alguns requisitos como ter estampagem, motores, suspensão, câmbio, entre outros componentes montados em solo brasileiro, este controle de nacionalização dos veículos será feito pelo Ministério do Desenvolvimento da Indústria e Comércio Exterior dentro dos próximos 60 dias.

Na pratica este vergonhoso aumento de IPI para veículos importados irá afetar diretamente os veículos chineses de marcas como: JAC Motors, Chery, Hafei, CN Auto, Effa, Chana entre outras, além dos coreanos da Kia Motors e Hyundai, afetando ainda marcas de luxo como Audi, Mercedes e BMW entre outras.

Exemplificando as consequências desta medida, montadora novatas como JAC Motors por exemplo que chegou ao Brasil há poucos meses, e estava vendendo seu modelo J3 por R$ 37.990, terá que sacrificar o lucro ou vender este mesmo modelo por R$ 49.270. Ou seja um pesado aumento que quase inviabilizaria a comercialização do carro. Outro bom exemplo é o pequeno QQ da Chery Motors, ele é vendido atualmente como um dos carros mais baratos do Brasil por R$ 23.900, porém com o aumento do IPI, agora sairá por R$ 31.070, ou seja você acha que a Chery conseguirá vender um QQ pelo preço superior ao pedido por um VW Gol, muito difícil.

hyundai ix35

O Hyundai IX35 que até então partia de R$ 85.000 agora poderá custar a partir de R$ 110.000

Dando um exemplo de carros de luxo, temos o Hyundai ix35 ou o Kia Sportage que atualmente partem de R$ 85.000 e poderá agora poderão ter seus preços começando em R$ 110.500, um aumento de mais de R$ 25.000 somente devido ao imposto, enquanto a versão mais cara do IX35 sairia por mais de R$ 150.000.

32 Comments

  • Franz disse:

    Um Honda Civic nos EUA custa 25mil, na Argentina (feito no Brasil) custa 32mil, e aqui no Brasil Setenta, setenta comprar mas não consegue!!!

  • Hussein Dabbous disse:

    Esse aumento de IPI é mesmo uma vergonha. Não sei como tem gente que não enxerga e fica aqui defendendo o aumento e achando que o governo está defendendo o emprego dos brasileiros. Ora a Argentina e o México não ficam no Brasil e a maior parte dos carros importados vendidos aqui vem de lá, o restante que vem de outros países fora desse eixo, somam pouco mais de 6%. E para quem não sabe, essa medida foi elaborada em conjunto com a ANFAVEA, justo o maior interessado nesse aumento, ou seja, colocaram o lobo pra cuidar das ovelhas, pois vão poder aumentar o preço das carroças que vendem sem concorrência. Além do mais, se a coisa fosse séria, fariam isso também para outros setores da economia?

  • Mauro Simas disse:

    É uma vergonha! Proteger as montadoras multinacionais não é proteger os operários, estas montadoras não são nacionais, e nunca foram, vale lembrarmos que a única montadora nacional foi a Gurgel, que foi totalmente sufocada pelas "gigantes" aqui estaladas. Os carros chineses com baixo custo é o grande alvo desta "vergonha" de protecionismo "nacional", mas, que nacional? quem perde é o povo brasileiro, mas ninguém, o que o governo brasileiro tinha que fazer era abaixar os impostos dos carros "nacionais" e as montadoras deixarem de ter altos lucros. Vamos ficar ligados!

  • Marcelo disse:

    É um absurdo tal posicionamento, descaracterizando uma concorrência totalmente desleal. É preciso repensar em tal medida e deixar tudo como estava antes, o nosso país precisa sair desta linha de pensamento de exploração, para crescer e se tornar uma potência é preciso mudar a forma de pensamento.

  • carlos cesar tassi disse:

    Como 65% de seus componentes fabricados aqui no brasil ? ;como se no brasil ñ tem nenhuma montadora 100% nacional sendo que a vw é alemã , ford e gm são americanas e fiat é italiana. estamos condenados a pagar 40 ,50% de imposto que o govrno cobra e continuarmos andado com sucatas com desiner defasados e etc etc etc "estou muito decepcionado e revoltado.

  • Danilo disse:

    Querido WSENA:

    Protegeu empregos de quem? Meu é que não foi. Protegeu foi o bolso das 4 grandes, que tem a maior margem de lucro do mundo automobilistico no mercado brasileiro.

    Protegeu apenas o mercado mais injusto do mundo automobilistico. Se nao fossem os impostos mais a ignorancia de consumidores como você, teriamos carros decentes com preços decentes e mais uma montadora fabricando no brasil, gerando MAIS EMPREGOS para os brasileiros. No final quem ganha com a JUSTA CONCORRENCIA somos nós, agora sim, incluindo eu e você.

  • wilson leite disse:

    Estava demorando para a dona dilma aprontar, mas a exemplo da Marta suplícy quando prefeita de SP que tinha um conportamento prepotente idêntico tentou a reeleição e não levou, pois é, enquanto que no México dodje charger, camaro são até viaturas policiais por aqui nossas montadoras que até hoje não engoliram a abertura das importações nos anos 90 forçando as a investir em produtos modernos e mais competitivos aguardaram ancíosas pela vinda de um governo estúpido de esquerda para vim com essa conversa fiada de proteção a nossa indústria que essa presidenta medíocre acabou comprando para a alegria dos mesmos que querem voltar a produzir carroças e vender a preço de automóvel, Fernando Collor sabia das coisas!!!!

  • Antonio Aguido disse:

    Senhores o governo proteger só as montadoras! E o consumidor?

    A questão do sucesso dos importados ditos populares é porque o nacional vende itens de segurança como opcionais. Se oferecer os mesmos itens a disputa e pela qualidade e assistência técnica.

  • Santana de Maguary disse:

    O FIM DO MUNDO PREVISTO PARA DEZEMBRO DE 2012 VAI SER ADIADO NO BRASIL PORQUE NÃO TEMOS CONDIÇÃO DE RECEBER UM EVENTO DESTE PORTE.

  • Santana de Maguary disse:

    Pais de 3º mundo é assim os carros importados já são caríssimos em compração ao Estados Unidos por exemplo, um Chevrolet Camaro custa nos EUA pouco mais de 70 mil reais, aqui o carro custa R$ 180 mil reais e agora com o aumento do IPI vai para uns 250 mil. É ABSURDO. Tudo para nós é dificultados, no Brasil itens de tecnologia chegam atrasados em relação a outros paises e por preços altíssimos em relação ao mundo.

  • sergio tadeu disse:

    Brasileiro ta acostumado a comprar merda em lata. E la vem a inflação ai!!! Quer ver a mulher jogar tudo que o Pais conseguiu no governo tucano fora! E as porcarias nacionais vão subir por tabela!

  • Marcos Nascimento disse:

    Nós temos uma grande parcela de culpa nessa decisão,pois,nós assistimos a isso tudo de camarote,no máximo nos revoltamos pela internet!Deveriamos fazer um protesto e não comprar carros nacionais por pelo menos ums 6 meses até o governo voltar átras!

  • xavante disse:

    eta brasil vei nao tem jeito nao so dar ladrao querem obrigar a gente pagar caro pelas essas carrocas brasileiras q e isso tanto carr bom etrando no mercado brasileiro com qualidade seguranca por q q o governo nao baixa o enposto pras carroca do brasil

  • Daniel disse:

    Ahhhh Fernando…

    Faça me o favor…

    Tem gente pra tudo… até mesmo para pagar uma fortuna em um carro de merda só com a casca.

    Vamos parar de comprar essas carroças minha gente! Que absurdo tudo isso.

    Os bolços, meias e cuecas desses canalhas é que vão crescendo e nós…. tadinhos….

  • Fernando disse:

    Se uma montadora quer cormecializar em nosso pais, então que venha pra cá e de mais credibilidade para seu produto, afinal gostamos de ver , tocar, e testar o que vamos adquirir.

    E não adquirir primeiro para testarmos depois.

  • Fernando disse:

    Parabens igualdade de produção a todos!!!! com geração de mais empregos.

  • sergio tadeu disse:

    Vai! votem na Dilma denovo daqui a 3 anos ela vai querer ser reeleita! Com este povinho que habita este Pais, ela com certeza vai ganhar!

  • Ana Paula disse:

    Aos que defendem essa medida vale a reflexao: Nao seria mais coerente DESONERAR a industria nacional ao inves de onerar ainda mais o consumidor final? Ja pagamos cariiiissimo por um carro em funcao da carga tributaria mais alta do planeta!!!!Fico chocada qd vejo pessoas que simplesmente nao pensam defendendo esse governo populista e retrogado de merda. Viva o Brasil de 5o. Mundo!!! E aos acefalos de plantao.

  • Bertrand disse:

    FDPS!!!!!!

    Tinha que ser nesse governo de guerrilheiros petistas!!!

    Vamos lá gente, voltamos novamente as mesmas carroças defasadas da Gm, ford, fiat.

    Adeus aos novos sonhos!!!

  • vicente azevedo disse:

    Além de nossos impostos já encarecerem os veiculos importados em mais de 200%, essa desgraça de governo, ainda aumenta mais o imposto. Colaboram com que esses caixoes ambulantes, que matam familias inteiras no transito por nao ter itens de segurança. Lixo….. este país é um lixo…..

    olhem só a tabela de preço da chevrolet no chile e se envergonhem…
    http://www.chevrolet.cl/vehiculos/modelos-showroo

  • MANÉ ESPOLIAD disse:

    São pessoas como esse WSENA, os intectuais, os petistas de carteirnha, nao aqueles q estao lá, que pensam dessa forma, alienados, que abrem espaço para o governo agir dessa forma, em detrimento do consumidor brasileiro.Essa estória de preservar emprego é uma falácia, é o emprego dos mexicanos e argentinos que estamos preservando

  • Ramon disse:

    Ah!, esse Brasil é uma bosta mesmo…

  • Indignado! disse:

    Em tempo, falou tudo Ferreira! O tal do WSENA não possui a mínima opinião própria! Ele escutou que estavam com isso zelando pelo emprego do Brasileiro e achou que esta era a unica verdade!

    Mas enfim, opinião é opinião… Vamos trazer Hugo Chavez e Fidel Castro para cá para governarem o Brasil e regressarmos ao passado, onde não existíam novidades e somente os carros xinfrins que vinham para cá!

  • Indignado! disse:

    Vergonhoso mesmooo… Com isso, a nossa digníssima presidenta, às "montadoras nacionais" com a faca e o queijo nas mãos, para poderem praticar os aumentos que eles quiserem e entregarem a nós consumidores, os veículos com o n;ivel de acessórios que eles julgarem que devamos ter. Quanto ao atribuir esta decisão por garantía ao emprego dos brasileiros, então os Argentinos (FIAT) e Mexicanos (VW) devem estar super felizes, afinal nossa presidenta está zelando por eles, afinal veículos importados e produzidos nestes países não sofrerão nenhuma cobrança adicional !!! Só podemos lamentar, e também comprar carros mais caros e sem ítens adicionais de conforto! Amo meu país, mas odeio os governantes que temos!

  • Ferreira disse:

    Me esqueci, esse cidadão que se esconde sob a alcunha de WSENA é um perfeito idiota que não tem a menor noção de nada.

  • Ferreira disse:

    Voltamos a era pré Collor, ou seja, estaremos obrigados a andar novamente de carroças nacionais. Um absurdo juridico, já que nem o prazo de 90 dias para aumento de impostos foi respeitado. A camarilha do PT que governa esse pais nos fará voltar a inaceitavel reserva de mercado. Que a mudança fosse a redução de 30% no IPI dos carroças nacionais por um prazo de dois a tres anos com a obrigação de que os modelos novos fossem equiparados tecnologicamente aos veiculos importados, mas o que fizeram´foi um covarde golpe a livre concorrencia. Era bom desde já começar a investigar as contas bancarias do Ministro Mantega e da Presidente Dilma para ver o que as chamadas montadoras "nacionais"(Fiat, GM, Volkswagen e Ford) fizeram para obter tanto lucro com um beneficio vergonhoso. E o pior é que os chamados carros nacionais já, já subirão de preço tendo em vista a distância que se abrirá nas tabelas de vendas. Que medida danosa ao livre mercado. Tenho vergonha de ser brasileiro.

  • joao Carlos disse:

    Esse Wsena é um trouxa mesmo, mas um idiota enganado pela falácia do gorverno e das montadoras.

    Só para te informar, um corola fabricado em São Paulo é vendidos nas concecionarias argentinas por R$ 36.000,00 e um honda Fit fabricado também em São Paulo é vendido no méxico por R$ 26.000,00.

    Então vc paga a diferança que é vendido aqui em imposto + lucros exorbitantes das montadoras, elas não quebraram no fundo a fora porque nós macaquitos financiamos a vida de luxo da Europa e EU.

    Passa a se informar.

  • Marcelo disse:

    CARROÇAS PARA O POVO TROXA !!!! FDP !!!

  • crespo disse:

    o que o governo deveria fazer e reducir o imposto dos carros nacionales um 30 % se queren vender mais carros nacionales ,ja que no brasil os carros sao 50% mais caros que em muitos otros paises e me gustaria saver onde van esses impostos porque as estradas nao .

  • Roberto Vidor disse:

    Uma vergonha, isso tem que acabar nesse país. Fazem o que querem sempre. Isso é pelo acúmulo de porcarias que tem nos pátios das montadoras brasileiras que não conseguem desovar, daí dão uma pressão no governo e aí está. Isso é uma vergonha minha gente, bem dizia o nosso antigo presidente que foi expulso por Impeachment o Sr Fernando Collor que nossos carros eram e são uma carroça, agora que podemos ter um carro importado de qualidade o nosso governo aceita um tipo de negociação dessas. Isso é o fim.

  • WSENA disse:

    chegou a hora da justiça,o governo agiu certo,na hora certa.os importados roubam nossos empregos,sou a favor da concorrência mais de forma coerente.

  • Renato disse:

    Aqui é uma democracia ou não!? Temos o direito de escolher um carro mais sofisticado, e aumentar o imposto dessa forma que o Governo aumentou significa indiretamente nos privar de adquirir um carro de melhor qualidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *