VW Golf praticamente sai de linha no Brasil, resta apenas a versão GTI

vw golf 2019

A Volkswagen anunciou nesta sexta feira (29 de março), o termino da produção do Golf no Brasil nas versões normais 1.0 e 1.4 (Comfortline e Highline), restando agora no mercado apenas a versão esportiva GTI. O anunciou surpreendeu, já que cerca de 7 meses atrás a Volkswagen lançou no Brasil uma atualização para o modelo na linha 2018/2019.

Continua logo após a publicidade...

vw golf comfortline 200 tsi 2019

Com exceção da GTI, atualmente no Brasil o Golf “normal” tinha apenas duas versões: Comfortline 1.0 e Highline 1.4, os preços partiam de R$ 91 mil

O Golf no Brasil era o segundo pior carro em vendas na linha Volkswagen

Oficialmente a Volkswagen não fala sobre o motivo do fim da produção e venda do Golf no Brasil, porém podemos levantar duas principais razões, a primeira é o baixo número de vendas da atual sétima geração do hatch no país, em fevereiro o Golf fechou o mês com apenas 251 unidades vendidas, enquanto seu principal rival na categoria o Chevrolet Cruze hatch vendeu quase o dobro 475 unidades. As vendas baixas do Golf no Brasil não são uma novidade, desde 2018, o modelo da Volks vem sofrendo para sair das lojas, durante todo o ano de 2018 emplacou apenas 3070 exemplares, enquanto o rival Cruze hatchback alcançou 5335 unidades vendidas, de acordo com dados da FENABRAVE. Estes números de 2018 eram bastante preocupantes, já que colocava o Golf como o segundo pior carro em vendas na Volkswagen do Brasil, superando apenas o Passat, que em 2018 teve 1078 unidades vendidas.

Fim de linha do Golf também abre espaço para o T-Cross

O segundo motivo é que o Golf era produzido na mesma planta de São José dos Pinhais no Paraná, mesma fábrica aonde será montado o SUV compacto T-Cross, que chegará as lojas agora em abril, o termino da produção do Golf por lá abrirá mais espaço e recursos como peças e componentes para atender a produção do T-Cross.

Continua logo após a publicidade...

Qual será o futuro do Golf no Brasil?

Tudo indica que o Golf deva mesmo sair de linha por completo no Brasil, no começo de 2019 a Volkswagen já havia anunciado o final da produção do Golf Variant, resta agora – não se sabe por quanto tempo, apenas a versão esportiva GTI, que custa proibitivos R$ 150 mil. Lembrando que na Europa uma nova geração já do Golf já está no forno, ela deve ser apresentada no final de 2019, porém dificilmente deve ser vendida no Brasil.

Lembrando que além da esportiva GTI que figura em uma categoria a parte – custando R$ 149.240, atualmente o Golf era vendido no Brasil em apenas duas versões: Comfortline 1.0 turbo, ou Highline 1.4 Turbo, os preços eram bastante salgados, partiam de R$ 91.790 para o 1.0 e R$ 112.190 para a 1.4.

vw golf gte

Versão híbrida GTE ainda está nos planos…

Apesar do final da produção das versões principais do Golf no Brasil, a Volkswagen confirma a vinda de forma importada da versão plugin híbrida do Golf, batizada de GTE, versão que deve custar menos do que o GTi, já que terá menor carga tributária, a VW promete o Golf GTE no Brasil ainda para 2019, lembrando que esta versão é equipada com dois motores, o conhecido 1.4 turbo a gasolina com 150 cv, combinado com um pequeno motor elétrico recarregável na tomada, com cerca de 50 cv extras, com isso o Golf GTE tem 204 cv de potência.

Há dados interessantes sobre o Golf GTE, ele pode rodar por até 50 km sem beber uma gota de gasolina, sendo movido apenas pelo motor elétrico. Dependendo do estilo de condução e trecho aonde se anda, o modelo pode fazer até 62.5 km por litro de gasolina, outro detalhe legal e mais evoluído em relação a outros híbridos como o Toyota Prius por exemplo, é que as baterias do motor elétrico do Golf GTE são recarregadas de duas formas, uma usando a energia gerada pelos freios nas frenagens, ou plugando o carro na tomada, em uma tomada comum a carga das baterias é feita em 3 horas e meia.

Porém não se anime muito, o Golf GTE no Brasil não será barato, deve custar em tornos dos R$ 130 mil a R$ 140 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *